Portal da USP Portal da USP Portal da USP

Amnésia Organizacional: em Estudo de Caso Sobre a Memória na Administração Pública Federal

Aleksandra Pereira Santos

Resumo


Compreender as características da memória na administração pública mostra-se relevante para o entendimento do papel e da atuação do Estado brasileiro. Este texto buscou tal compreensão, a partir de estudo de caso da memória organizacional no Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão. Para tanto, buscou-se um referencial teórico integrando as Ciências da Informação e Administração, uma vez que o tema abrange teorias de gestão do conhecimento e aprendizagem organizacional. A análise de documentos e as entrevistas foram as técnicas de coleta de dados utilizadas. Foram analisados os aspectos relativos à percepção dos dirigentes sobre os processos de retenção, recuperação e uso de informações e/ou conhecimentos, evidenciando-se as barreiras culturais e técnicas. Os resultados apontam para a percepção da memória organizacional enquanto processo implícito, natural, em permanente desenvolvimento, composta de repositórios múltiplos não integrados, cuja fonte principal é o indivíduo.

Palavras-chave


memória organizacional, gestão do conhecimento, aprendizagem organizacional, administração pública e amnésia organizacional

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.11606/issn.2178-2075.v3i1p36-56

Métricas do Artigo

Carregando métricas...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




USP - Universidade de São Paulo

FFCLRP - Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto

BCID - Biblioteconomia e Ciências da Informação e da Documentação

ISSN Eletrônico 2178-2075

Qualis/CAPES 2015:

  • B1 - Comunicação e Informação
  • B3 - Artes/Música
  • B4 - Interdisciplinar
  • B4 - Sociologia
  • B4 - Administração Pública e de Empresas, Ciências Contábeis e Turismo