A biblioteca universitária e sua atuação frente à mutabilidade de paradigmas

  • Lílian Lima de Siqueira Melo UFPE - Universidade Federal de Pernambuco
  • Denilson Bezerra Marques UFPE - Universidade Federal de Pernambuco
  • Fábio Assis Pinho UFPE - Universidade Federal de Pernambuco
Palavras-chave: Bibliotecas universitárias, Gestão de bibliotecas, Paradigma do Acervo, Paradigma da informação.

Resumo

Esta pesquisa teve como objetivo analisar de que maneira os gestores do SIB/UFPE planejam os produtos e serviços ofertados, bem como a força de trabalho, diante dos paradigmas da informação e do acervo. Trata-se de uma pesquisa exploratória de caráter descritivo e aplicado. O campo de pesquisa é na Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), em específico, no Sistema Integrado de Bibliotecas (SIB). A população estudada é composta por 13 gestores do Sistema e utiliza como instrumento de coleta de dados a entrevista semiestruturada. Os dados da pesquisa foram analisados de forma qualitativa pela técnica de análise de conteúdo. Os resultados obtidos revelam que as bibliotecas do SIB possuem características de atuação tanto do paradigma do acervo como do paradigma da informação, porém algumas características demonstram que paradigma do acervo ainda é dominante.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Lílian Lima de Siqueira Melo, UFPE - Universidade Federal de Pernambuco
Bibliotecária especialista em Gestão da tecnologia da Informação da Universidade Federal de Pernambuco. Mestre em Gestão pública. Atua na área de Ciência da Informação há 11 anos, com ênfase em Gestão de Unidades de Informação, Ouvidoria e Gestão em Tecnologia da informação.
Denilson Bezerra Marques, UFPE - Universidade Federal de Pernambuco
Graduado em Administração pela Universidade Federal de Pernambuco (1995), mestre em Administração pela Universidade Federal de Pernambuco (2000) e doutor em Sociologia pela Universidade Federal de Pernambuco (2006). Atualmente é professor Adjunto da Universidade Federal de Pernambuco, onde integra o corpo permanente do Mestrado em Gestão Pública (MGP) e exerce a Vice-Direção do Centro de Ciências Sociais Aplicadas (CCSA). Tem concentrado suas pesquisas na área: i) do Planejamento Público, com ênfase nos processos de transformação industrial via projetos estruturadores da economia que objetivem o desenvolvimento social e econômico com inclusão social e intercâmbio de conhecimentos entre a Ciência, a Sociedade, o Estado e o Mercado; ii) e da Sociologia, com ênfase em Sociologia Simétrica e Teoria do Ator-Rede, buscando compreender o fenômeno do conhecimento científico e as formas de relacionamento entre a Sociedade e a Natureza.
Fábio Assis Pinho, UFPE - Universidade Federal de Pernambuco
Professor Adjunto do Departamento de Ciência da Informação, com atuação nos cursos de Graduação em Biblioteconomia, em Gestão da Informação e no Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação (Mestrado Acadêmico) da Universidade Federal de Pernambuco. Possui Graduação em Biblioteconomia e Ciência da Informação pela Universidade Federal de São Carlos (2002), Mestrado (2006) e Doutorado (2010) em Ciência da Informação pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho Campus de Marília. Líder do Grupo de Pesquisa: Organização e Representação do Conhecimento e Membro (Conselheiro Fiscal) da ISKO International Society for Knowledge Organization (Brasil).Tem interesse na linha de pesquisa de Organização e Representação do Conhecimento.
Publicado
2014-03-25
Como Citar
Melo, L., Marques, D., & Pinho, F. (2014). A biblioteca universitária e sua atuação frente à mutabilidade de paradigmas. InCID: Revista De Ciência Da Informação E Documentação, 5(1), 69-89. https://doi.org/10.11606/issn.2178-2075.v5i1p69-89
Seção
Artigos