A presença das editoras universitárias nos acervos dos repositórios institucionais

  • Flávia Rosa Doutora em Cultura e Sociedade pelo Programa de Pós-Graduação Multidisciplinar da Universidade Federal da Bahia - UFBA. Professora e Diretora da Editora da UFBA.
  • Milton Shintaku Mestre em Ciência da Informação pela Universidade de Brasília. Tecnólogo no Instituto Brasileiro de Informação em Ciências e Tecnologia - IBICT e Professor da Secretaria de Educação do Distrito Federal – SEDF.
  • Rodrigo França Meirelles em Ciência da Informação pela Universidade Federal da Bahia - UFBA. Coordenador do Repositório Institucional da Universidade Federal da Bahia e Consultor
  • Susane Barros Mestra em Ciência da Informação pela Universidade Federal da Bahia – UFBA. Coordenadora editorial da Editora da UFBA
  • Caio Schwarcz Hoffmann Graduando de Engenharia da Computação no Centro Universitário de Brasília.
Palavras-chave: Repositórios institucionais, Editoras universitárias, Políticas - Acesso aberto

Resumo

Os repositórios institucionais têm exercido importante papel na disseminação da produção científica das instituições de ensino e pesquisa ampliando a visibilidade tanto do autor quanto da instituição. Na atualidade, os avanços tecnológicos tanto possibilitaram a inserção das editoras universitárias no uso dos processos editoriais digitais quanto o aumento de visibilidade, acessibilidade, uso e impacto dos livros. As editoras universitárias têm um papel fundamental de promover a difusão da produção científica e caracterizam-se por abranger todas as áreas do conhecimento, publicando textos de qualidade, avaliados por pares e de autoria de pesquisadores com filiações institucionais diversas. O presente estudo tem por finalidade verificar a adesão de editoras ao movimento de acesso aberto à informação científica através da presença de títulos publicados em acervos dos RI. Busca-se, também, conhecer a política das editoras e das instituições voltadas ao depósito de livros e capítulos nesses repositórios. Para tanto foram selecionados para compor a amostra 31 repositórios de universidades e instituições de pesquisa tendo como critério a disponibilização em suas coleções de livros e capítulos de livros. O repositório da Universidade Federal da Bahia destaca-se por disponibilizar o maior número de livros e capítulos 307 itens seguido da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária com 120. Conclui-se que ainda é tímida a participação da produção das editoras universitárias nos acervos dos RI e, na maioria das instituições, não há uma política formal de disponibilização de conteúdos em acesso aberto.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2013-12-20
Como Citar
ROSA, F.; SHINTAKU, M.; MEIRELLES, R.; BARROS, S.; HOFFMANN, C. A presença das editoras universitárias nos acervos dos repositórios institucionais. InCID: Revista de Ciência da Informação e Documentação, v. 4, n. 2, p. 152-164, 20 dez. 2013.