A importância do Programa de Monitoria no ensino de Biblioteconomia da Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC)

Autores

  • Eduardo Silveira Universidade Federal de Santa Catarina
  • Fernanda de Sales Universidade do Estado de Santa Catarina - UDESC

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2178-2075.v7i1p131-149

Palavras-chave:

Curso de Biblioteconomia, Programa de Monitoria, Monitoria, UDESC

Resumo

Este artigo apresenta um estudo sobre a importância do Programa de Monitoria no ensino do curso de Biblioteconomia da UDESC. A revisão bibliográfica aborda temas como: o ensino de Biblioteconomia na referida universidade, bem como aspectos pertinentes à monitoria. A metodologia apresenta característica exploratória com abordagem qualitativa. Para a coleta de dados utilizou-se entrevista e para a organização dos dados elegeu-se a categorização. Os resultados mostraram que o Programa de Monitoria é importante para o ensino no curso de Biblioteconomia da UDESC e que é mais uma forma de reforçar o ensino e aprendizagem dos alunos. Mostrou também que em alguns aspectos, como comunicação, capacitação e avaliação, o programa requer melhorias.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Eduardo Silveira, Universidade Federal de Santa Catarina

Mestrando em Ciência da Informação - UFSC

Graduado em Biblioteconomia - Habilitação em Gestão da informação - UDESC

Graduado em Ciência Contábeis - UFSC

Fernanda de Sales, Universidade do Estado de Santa Catarina - UDESC

Professora do Departamento de Biblioteconomia e Gestão da Informação - DBI/UDESC e do Programa de Pós-Graduação em Gestão da Informação - PPGInfo/UDESC

Doutoranda em Educação pelo PPGE/UDESC

Mestre em Educação (PPGE/UFSC)

Downloads

Publicado

2016-04-05

Como Citar

SILVEIRA, E.; SALES, F. de. A importância do Programa de Monitoria no ensino de Biblioteconomia da Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC). InCID: Revista de Ciência da Informação e Documentação, [S. l.], v. 7, n. 1, p. 131-149, 2016. DOI: 10.11606/issn.2178-2075.v7i1p131-149. Disponível em: http://www.revistas.usp.br/incid/article/view/89337. Acesso em: 20 out. 2020.

Edição

Seção

Artigos