[1]
G. C. Fernandes, “Ações de informação e práticas documentárias como políticas difusas de memória”, InCID: Rev. Ci. Inf. Doc., vol. 2, nº 1, p. 208-226, jun. 2011.