Sobre a Revista

A criação da revista Interfaces da Comunicação surge com a necessidade de se ampliar o campo e a área de estudos sobre as novas percepções, criações e utilidades do conceito de narrativas. Dessa forma, a revista tem como objetivo agrupar, organizar e difundir conhecimento e reflexões sobre as narrativas na contemporaneidade, com ênfase nos campos da Comunicação Organizacional, Relações Públicas, Publicidade e Propaganda, Jornalismo, Cinema, Turismo, História, Ciências Sociais e Ciências da Informação, além da constante interface com os campos da História, Psicologia, Antropologia, Sociologia, Jornalismo, Administração, Artes e Literaturas. Sobre o conteúdo a ser veiculado, serão aceitos trabalhos de pesquisadores mestres e doutores da comunidade científica interessados no tema e que tenham por objetivo ampliar a discussão sobre as novas formas de narrativa no lugar de fala comunicacional. Os textos devem seguir as seguintes categorias: artigos científicos, revisões e traduções. Seu conteúdo será de inteira responsabilidade de seus autores e submetidos a pareceres em sistema de blind review a consultores ad hoc. A publicação do trabalho dependerá da sua apresentação dentro das normas editoriais e de pareceres favoráveis do Conselho Editorial da revista.