O ensino de italiano no Espírito Santo: um breve panorama do Núcleo de Línguas da UFES

  • Janine Cestaro Universidade Federal do Espírito Santo
  • Kyria Finardi Universidade Federal do Espírito Santo
Palavras-chave: Língua italiana; Núcleo de Línguas - UFES; Ensino de italiano no ES.

Resumo

Este trabalho analisa o ensino de italiano no Núcleo de Línguas (NL) da Universidade Federal do Espírito Santo (UFES) ao longo dos quatorze anos de sua oferta. Com esse objetivo, dados do número de turmas ofertadas foram levantados do sistema do NL desde 2003 com vistas tanto a descrever o percurso histórico do curso quanto suas demandas atuais, visando estabelecer índices de continuidade e abandono nos variados níveis em relação a horários, materiais didáticos utilizados e quadro de professores. O estudo usa uma metodologia mista com dados quantitativos e qualitativos, triangulados a fim de melhor entender o ensino de italiano nesse contexto. De maneira geral, os resultados sugerem que o curso de italiano do NL ocupa uma posição periférica em relação aos outros cursos de línguas estrangeiras ofertados pela instituição e aos cursos de italiano da Associação de Língua e Cultura Italiana do Espírito Santo (ALCIES) em Vitória. Com base nos resultados do estudo, concluímos com algumas sugestões para o ensino de italiano nesse contexto.

Biografia do Autor

Janine Cestaro, Universidade Federal do Espírito Santo

Janine Cestaro é formada em Letras Português-Italiano pela Universidade Federal do Espírito Santo e atualmente trabalha como coordenadora pedagógica no Núcleo de Línguas da mesma universidade.

Kyria Finardi, Universidade Federal do Espírito Santo

Kyria Finardi é formada em Letras Inglês e tem mestrado e doutorado na área, trabalhando como professora associada da Universidade Federal do Espírito Santo no departamento de Linguagens, Cultura e Educação e nos Programas de Pós Graduação em Educação (PPGE) e Linguística (PPGEL) da mesma universidade. Atualmente é presidente da Associação Brasileira de Linguística Aplicada.

Referências

ALCIES: Associação de Língua e Cultura Italiana do Espírito Santo. Projeto para implantação do ensino de língua e cultura italiana nas escolas públicas municipais de vitória. Vitoria.
BRASIL. Secretaria de Educação Fundamental. Parâmetros Curriculares Nacionais/Secretaria de Educação Fundamental. Brasília: MEC/SEF, 1998.
________. Lei n. 9.394, de 20 de dezembro de 1996, de Diretrizes e Bases da Educação Nacional. Brasília, DF, 20 dez. 1996. Disponível em: . Acesso em: 11. nov. 2018.
________. Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional. Lei nº 13.415/2017, de 13 de fevereiro de 2017. Disponível em: . Acesso em: 10 nov. 2017.
________. Lei n. 13.617, de 11 de janeiro de 2018. Disponível em: . Acesso em: 10 nov. 2018.
CARNEIRO, J. F. Imigração e colonização no Brasil. Rio de Janeiro: Faculdade Nacional de Filosofia, Cadeira de Geografia do Brasil, 1950, Publicação Avulsa, 2.
CESTARO, J. O ensino de italiano no núcleo de línguas da UFES. Vitória: Trabalho de conclusão de curso não publicado. Letras Português/Italiano, Universidade Federal do Espírito Santo, 2017. Disponível em: . Acesso em 11 nov. 2018.
CONSELHO DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO DA UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO. Resolução nº 39/2016, de 14 de outubro de 2016. Disponível em:
Acesso em: 2 set. 2017.
CONSELHO UNIVERSITÁRIO DA UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO (Brasil). Resolução nº 47/2006, de 21 de dezembro de 2006. Disponível em:
. Acesso em: 2 set. 2017.
__________. Resolução nº 32/2000. Disponível em: . Acesso em: 2 set. 2017.
DORNYEI, Z. Research methods in applied linguistics: Quantitative, qualitative and mixed methodologies. Oxford: Oxford University Press. 2007.
FINARDI, K. What Brazil can learn from Multilingual Switzerland and its use of English as a Multilingua Franca. Acta Scientiarum (UEM), v. 39, p. 219-228, 2017.
FRANCESCHETTO, C. Italianos: base de dados da imigração italiana no Espírito Santo nos séculos XIX e XX. Vitória: Arquivo Público do Estado do Espírito Santo, 2014. Disponível em: . Acesso em: 3 set. 2017.
ITALIA. Documento LXXX, n.3. Relazione sull’attività svolta per la riforma degli istituti italiani di cultura e gli interventi per la promozione della cultura e della lingua italiane all’estero. 28 dez. 2015. Disponível em: . Acesso em: 12 abr. 2018.
NÚCLEO DE LÍNGUAS: ENSINO, EXTENSÃO E PESQUISA. Sistema Oaasis. 2017.
________. Bolsas. 2018c. Disponível em: http://www.nucleodelinguas.ufes.br/bolsas. Acesso em: 10 de Nov. 2018.
Quadro Europeu Comum de Referência para as Línguas – Aprendizagem, ensino, avaliação. Porto, Edições ASA, 2001. Disponível em: . Acesso em 24 set.2017.
Publicado
2018-12-28
Como Citar
Cestaro, J., & Finardi, K. (2018). O ensino de italiano no Espírito Santo: um breve panorama do Núcleo de Línguas da UFES. Revista De Italianística, (36), 71-82. Recuperado de http://www.revistas.usp.br/italianistica/article/view/153271
Seção
Artigos