Os Usos públicos do passado como fonte para a o estudo do desastre da talidomida na Espanha

Autores

  • Dones Claudio Janz Jr Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC)

DOI:

https://doi.org/10.11606/khronos.v0i7.159504

Palavras-chave:

Usos do passado, Reparação, AVITE, Talidomida, Espanha, História

Resumo

A teratogenia provocada pela talidomida em bebês é considerada pela ciência como um dos grandes desastres farmacêuticos do século XX. Fabricada por uma empresa alemã, a Grünenthal, a droga foi comercializada em mais de 40 países a partir do final da década de 1950, afetando milhares de crianças. Na Espanha, a talidomida ocupa espaço na mídia até os dias atuais, sobretudo, por conta das ações da Associação de Vítimas da Talidomida na Espanha (AVITE). A AVITE, ao buscar a reparação às vítimas, atua em indiferentes instâncias. Nesse artigo analisaremos algumas das ferramentas utilizadas publicamente pela associação, buscando demonstrar como elas são acionadas na luta por justiça aos afetados.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2019-08-31

Como Citar

Janz Jr, D. C. (2019). Os Usos públicos do passado como fonte para a o estudo do desastre da talidomida na Espanha. Khronos, (7), 11. https://doi.org/10.11606/khronos.v0i7.159504

Edição

Seção

Dossiê "Desafios contemporâneos"