Ciência a preço de garrafada: a transnacionalização de fármacos no pós-segunda guerra (1945-1961)

  • Gabriel Kenzo Rodrigues Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas
Palavras-chave: farmacologia, setor farmacêutico, medicamentos, história da ciência

Resumo

Com o término da Segunda Guerra Mundial, a ciência farmacológica atinge um novo patamar, em decorrência da produção de antibióticos e do desenvolvimento de estruturas de produção de medicamentos em larga escala. Este período inicia um novo modus operandi para o setor farmacêutico, agora, verticalizado e setorizado. Esse modelo vigora até os dias atuais, em proporções claramente mais avultantes.   Ao analisar como este processo teve início nos EUA, e posteriormente se expandiu para o Brasil, busca-se compreender a formação inicial do modelo industrial farmacêutico, que teve no setor de pesquisa e desenvolvimento uma de suas molas propulsoras. Assim, a relação entre desenvolvimento científico, eficiência industrial, transnacionalização e política econômica é o fio condutor da análise.  

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2019-12-30
Como Citar
Rodrigues, G. K. (2019). Ciência a preço de garrafada: a transnacionalização de fármacos no pós-segunda guerra (1945-1961). Khronos, (8), 1-28. https://doi.org/10.11606/khronos.v0i8.161925
Edição
Seção
Artigos