As virtudes da narratio no De oratore de Cícero

Autores

  • Cynthia Helena Dibbern Universidade de São Paulo

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2358-3150.v19i2p55-68

Palavras-chave:

De Oratore, narratio, illustratio, Cícero

Resumo

Este breve trabalho tem por objetivo analisar o tratamento das virtudes da narratio – a clareza, a brevidade e a verossimilhança – no diálogo De oratore, de Cícero, verificando quais as semelhanças e diferenças com relação à preceituação sobre esta parte do discurso nos manuais de retórica Da inventione, obra anterior do próprio Cícero, e Retórica a Herênio, de autor desconhecido. Através desta comparação, será possível contrastar a proposta retórica de Cícero do De Oratore com a retórica escolar e tecnicista dos manuais, tão criticada pelas personagens do diálogo. Cícero parece colocar a brevidade e a clareza em tensão, e recomendar uma clareza mais próxima da illustratio, que, além de deleitar, comove ao dispor diante dos olhos o acontecido, sendo aliada, assim, da terceira virtude, a do provável e verossímil.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2015-12-10

Como Citar

Dibbern, C. H. (2015). As virtudes da narratio no De oratore de Cícero. Letras Clássicas, 19(2), 55-68. https://doi.org/10.11606/issn.2358-3150.v19i2p55-68