Elogio de Górgias

  • Adma Muhana Universidade Estadual de Campinas; Instituto de Estudos da Linguagem
Palavras-chave: sofística, retórica, dialética, poética

Resumo

Tem este texto por objetivo evidenciar relações que Aristóteles estabelece entre a poesia, a retórica e a sofística, principalmente na Poética, na Retórica e nos Elencos sofísticos, confrontando-as com o que transparece dos escritos de Górgias, sobretudo o Elogio de Helena. O ponto de partida é um rol de procedimentos da linguagem – isto é, da léxis e não do logos – que, tanto na Poética como nos Elencos, Aristóteles identifica como sendo distintos dos da dialética. Nas duas obras, a lista de procedimentos é idêntica, mas, em um caso (na Poética, eles são legitimados em termos da propriedade elocutiva da poesia e, no outro (nos Elencos, são rejeitados como fazendo parte das falácias sofísticas.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2000-10-14
Como Citar
Muhana, A. (2000). Elogio de Górgias. Letras Clássicas, (4), 33-50. https://doi.org/10.11606/issn.2358-3150.v0i4p33-50
Edição
Seção
Artigos