As performances de cassandra em Troianas de Eurípides

  • Christian Werner Universidade de São Paulo; Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas
Palavras-chave: tragédia, Eurípides, Troianas, oração fúnebre ateniense.

Resumo

Na Atenas do século V a. C., há uma distância entre os discursos políticos, como a oração fúnebre, e o discurso trágico, mas essa diferença foi borrada em muitos dos últimos trabalhos críticos sobre a tragédia ática. O episódio de Cassandra em Troianas de Eurípides é um exemplo eloqüente do oposto, ou seja, a utilização, pela tragédia, da ideologia da polis para explicitar a sua alteridade. Cassandra movimenta-se entre uma tentativa de construir um discurso consistente sobre a fama imorredoura de Tróia e a performance de seu próprio casamento, o qual a vincula às vicissitudes de sua família e à sua própria história como profetisa.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2002-10-26
Como Citar
Werner, C. (2002). As performances de cassandra em Troianas de Eurípides. Letras Clássicas, (6), 117-133. https://doi.org/10.11606/issn.2358-3150.v0i6p117-133
Edição
Seção
Artigos