A construção do discurso argumentativo em perspectiva foucaultiana

Autores

  • Isabel Cristina Michelan de Azevedo Universidade Federal de Sergipe, São Cristovão, SE

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2236-4242.v29i2p247-269

Palavras-chave:

Estratégias argumentativas, Processo de ensino e aprendizagem, Procedimentos discursivos.

Resumo

Este artigo recupera o esquema argumentativo descrito pela Nova Retórica para discutir como a organização dos raciocínios por ligação e por dissociação podem ser analisados sob os estudos de Foucault (2008 [1969], 2004 [1971]) acerca da constituição do discurso na sociedade, com o intuito de promover uma reflexão acerca das possibilidades de análise de produções discentes no ensino médio e de organização do ensino da argumentação na educação básica. Por meio de uma metodologia interpretativista (ERICKSON, 1986), pretendemos compreender os movimentos discursivos depreendidos de produções realizadas durante o Exame Nacional do Ensino Médio, em 2004, e indicar alternativas para desenvolver práticas pedagógicas comprometidas com a formação de um sujeito crítico. As análises ilustrativas apontam que os estudantes elaboram reflexões autorizadas por certa formação discursiva, o que exige a delimitação de uma identidade e a elaboração de argumentos alinhados às escolhas políticas assumidas no discurso. Assim, evidencia-se a necessidade de diversificar os processos de ensino e aprendizagem quando se quer ampliar as possibilidades de o sujeito assumir posicionamentos relativamente a outras posições.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2016-12-12

Como Citar

Azevedo, I. C. M. de. (2016). A construção do discurso argumentativo em perspectiva foucaultiana. Linha D’Água, 29(2), 247-269. https://doi.org/10.11606/issn.2236-4242.v29i2p247-269

Edição

Seção

Artigos originais