Autoria, revisão colaborativa e apropriação cultural

para um modelo de edição da poesia de Pedro Homem de Mello

Palavras-chave: autoridade, revisão colaborativa, apropriação cultural, edição digital, versões.

Resumo

Tomando como referência o modelo editorial que está a ser desenvolvido para a poesia de Pedro Homem de Mello (1904- 1984), este trabalho procura refletir sobre o problema da atribuição crítica de autoridade, nos casos em que se documentam situações de revisão colaborativa e apropriação cultural. Em linha com as posições teóricas de James Thorpe (1972) e Siegfried Scheibe (1995), entre outros, defende-se que, do ponto de vista editorial, todos os testemunhos sancionados pelo autor estão em pé de igualdade, e por isso, em vez de fixar um texto, apresentando-o como a lição mais autêntica, a solução adotada passará por um tratamento não-hierarquizado de múltiplos estágios textuais. Este procedimento, designado de versioning ou multiple texts, beneficia-se especialmente das virtualidades do hipertexto eletrônico, para conciliar tipos variáveis de autoridade e percursos alternativos de leitura.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2018-09-13
Como Citar
Pereira, E. (2018). Autoria, revisão colaborativa e apropriação cultural. Linha D’Água, 31(2), 123-141. Recuperado de http://www.revistas.usp.br/linhadagua/article/view/143691
Seção
Artigos originais