A construção de imagens de si como um fenômeno enunciativo

estudo comparativo de depoimentos brasileiro e francês publicados na revista Marie Claire

  • Gustavo Ximenes Cunha Universidade Federal de Minas Gerais
  • Tatiana Emediato Corrêa Universidade Federal de Minas Gerais
Palavras-chave: enunciação, pontos de vista, depoimentos, imagens de si, revista Marie Claire.

Resumo

Neste trabalho, realizamos a comparação de como narradoras constroem imagens de si em depoimentos veiculados em duas edições, uma brasileira e outra francesa, da revista Marie Claire. Os depoimentos brasileiro e francês foram publicados no ano de 2017 e abordam a temática trabalho. Para alcançarmos o objetivo, comparamos, com base na Teoria dos Pontos de Vista, de Rabatel, a maneira como as narradoras representam ou encenam os pontos de vista de diferentes enunciadores. As análises evidenciaram que, em ambos os depoimentos, o que as narradoras buscam, ao selecionarem os enunciadores e os hierarquizarem de determinada forma, é construir para si a imagem de mulheres bem sucedidas, pragmáticas e preparadas para o mercado de trabalho. Ainda que esses depoimentos tenham sido produzidos em contextos distintos e apresentem especificidades, a semelhança entre eles se deve ao fato de a revista Marie Claire, no Brasil e na França, ser voltada para públicos com perfis muito próximos: mulheres que atuam no mercado de trabalho e que possuem poder aquisitivo e grau de escolaridade elevados.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2018-11-20
Como Citar
Cunha, G., & Corrêa, T. (2018). A construção de imagens de si como um fenômeno enunciativo. Linha D’Água, 31(3), 142-165. https://doi.org/10.11606/issn.2236-4242.v31i3p142-165
Seção
Artigos originais