Livro de Isaac: edição crítica da tradução medieval portuguesa da obra de Isaac de Nínive

  • Phablo Roberto Marchis Fachin Universidade de São Paulo

Resumo

O estudo realizado por César Nardelli Cambraia, publicado em 2017, vem à luz como a primeira edição a divulgar o texto crítico da tradução medieval portuguesa do Livro de Isaac, tratado ascético escrito originalmente em siríaco por volta de fins do século VII por Isaac de Nínive. Trabalho minucioso, realizado com base no confronto dos quatro testemunhos supérstites em que a tradução foi preservada. É uma edição crítica com o objetivo de restituir a forma genuína do texto, a forma original da tradução portuguesa do livro em questão. Como o próprio autor afirma, trata-se de um "trabalho de síntese de um conjunto de estudos sobre o tema feitos entre maio de 1996 e abril de 2017" (CAMBRAIA, 2017, p. XIII). O livro apresenta, de modo muito bem fundamentado, quatro partes. Da primeira, constam informações relevantes sobre a vida de Isaac de Nínive e suas obras, especificamente sobre o Livro de Isaac, seu conteúdo, circulação na Idade Média portuguesa, percurso histórico, descrição dos testemunhos que compõem a sua tradição, características linguísticas, o estema e sua fortuna editorial. Da segunda, o texto crítico, as normas de edição, os critérios para a escolha do texto-base e variantes, a transcrição, casos especiais e o aparato crítico. Da terceira, o glossário seletivo. Da quarta, o índice de citações e referências bíblicas e patrísticas.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2018-09-13
Como Citar
Fachin, P. (2018). Livro de Isaac: edição crítica da tradução medieval portuguesa da obra de Isaac de Nínive. Linha D’Água, 31(2), 177-186. Recuperado de http://www.revistas.usp.br/linhadagua/article/view/150188
Seção
Resenhas