Ensino de língua, livros didáticos e história

relações vistas pela Historiografia da Linguística

  • Ronaldo de Oliveira Batista Universidade Presbiteriana Mackenzie
Palavras-chave: Historiografia da Linguística, História do ensino de língua, Livro didático, Linguística e ensino, Ensino de língua portuguesa

Resumo

Este artigo apresenta uma reflexão, historicamente orientada, sobre a elaboração e circulação de livros didáticos no ensino de língua portuguesa. Complementar a essa reflexão, um estudo de caso é estabelecido a partir de uma análise de um livro, considerado em sua materialidade e circunscrição em um momento específico do desenvolvimento histórico de uma trajetória do ensino de língua. A Historiografia da Linguística é o campo teórico-metodológico que norteia este texto. Interessam a esse campo a descrição, a análise e a interpretação de elementos históricos e sociais que estão presentes na elaboração, difusão e recepção de ideias linguísticas. Entende-se, assim, que é possível descrever e narrar interpretativamente uma história do ensino de língua e da produção de material didático. Essa história pode nos levar a uma compreensão mais ampla dos modos de presença histórica de um conhecimento produzido especialmente em função de sua natureza pedagógica e didática.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2019-04-23
Como Citar
Batista, R. (2019). Ensino de língua, livros didáticos e história. Linha D’Água, 32(1), 155-174. https://doi.org/10.11606/issn.2236-4242.v32i1pp.155-174
Seção
Artigos originais