O método latino de du Marsais

críticas e apologias contemporâneas

  • Eustaquio Sánchez Salor Universidad de Extremadura
Palavras-chave: Du Marsais, gramática iluminista, método latino iluminista

Resumo

César Chesneau du Marsais (1676-1756) é o gramático a quem Diderot e D’Alambert encarregaram de redigir os verbetes gramaticais da Encyclopédie. Em 1722, Du Marsais publicou a Méthode latine, no qual propôs o ensino do latim e de qualquer língua estrangeira com base em princípios a partir dos quais os iluministas explicam a geração da linguagem. Isto gerou uma controvérsia, de um lado, entre o próprio Du Marsais e seus seguidores, e, de outro, entre ele e os contrários ao novo método. Neste artigo, propomos analisar essa controvérsia por meio de relevantes documentos de que dispomos, tanto sobre as críticas que la Méthode latine provocou quanto sobre a proposta de Du Marsais feita em “une méthode raisonnée pour apprendre la langue latine”, bem como sobre as respostas apologéticas dadas na época pelo próprio Du Marsais e, depois, pelos editores da edição de sua obra completa.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2019-04-11
Como Citar
Sánchez Salor, E. (2019). O método latino de du Marsais. Linha D’Água, 32(1), 195-217. https://doi.org/10.11606/issn.2236-4242.v32i1p195-217
Seção
Artigos originais