A polêmica entre Júlio Ribeiro e Alberto Sales

uma análise do debate sobre o modelo ideal de organização das ciências e o emprego apropriado de referências teóricas na produção linguística no Brasil no século XIX

  • José Edicarlos de Aquino Universidade Federal do Tocantins
Palavras-chave: Júlio Ribeiro, Alberto Sales, polêmica, organização das ciências, plágio.

Resumo

Neste artigo, a partir da acusação de plágio feita a Júlio Ribeiro por Alberto Sales, analisamos as posições conflitantes acerca do modelo ideal da organização das ciências e, sobretudo, do emprego de referências teóricas na produção linguística no Brasil no século XIX, mostrando igualmente as outras questões derivadas desse debate, como a importância dos estudos clássicos e a concepção da educação. Deixando de lado a dimensão moral da questão do plágio, o que nos interessa é pensar que, longe de ser uma simples cópia, existe todo um trabalho de ressignificação das referências teóricas por parte de Júlio Ribeiro, argumentando que ele demonstra compreensão dos procedimentos de transferência metalinguística entre línguas a partir da tradição da gramática greco-latina para a composição de uma gramática.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2019-04-11
Como Citar
Aquino, J. (2019). A polêmica entre Júlio Ribeiro e Alberto Sales. Linha D’Água, 32(1), 129-153. https://doi.org/10.11606/issn.2236-4242.v32i1p129-153
Seção
Artigos originais