Uma teoria social da lingua(gem) anunciada no limiar do século XX por Antoine Meillet

  • Daniel Marra Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Tocantins
  • Sebastião Elias Milani Universidade Federal de Goiás
Palavras-chave: Antoine Meillet, lingua(gem), fato social, sociedade, indivíduo.

Resumo

Ferdinand de Saussure (1857-1913) definiu a langue como um fato social, uma realidade exterior ao indivíduo e a sua vontade, e cuja posse é da sociedade. Ele jamais fez referência a Émile Durkheim (1858-1917) ao fazer tal conceituação, embora o conceito do sociólogo francês fosse amplamente conhecido no meio intelectual do início do século XX. Por outro lado, Antoine Meillet (1866-1936), discípulo de Saussure, enquanto contribuía com o jornal de Durkheim, L’année sociologique (1905-1906), mais ou menos na mesma época em que Saussure iniciava o CLG (1907- 1911) em Genebra, caracterizou linguagem como um fato social fazendo referência ao conceito estabelecido por Durkheim. Trata-se, neste artigo, das ideias linguísticas de Meillet que influenciaram direta ou indiretamente um grande número de linguistas por várias décadas do século XX. O linguista dedicou-se tanto aos estudos histórico-comparativos das línguas indo-europeias quanto à natureza histórica e social da linguagem. O aspecto social de sua teoria anunciada se constitui no tema central deste estudo historiográfico-linguístico.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2012-12-10
Como Citar
Marra, D., & Milani, S. (2012). Uma teoria social da lingua(gem) anunciada no limiar do século XX por Antoine Meillet. Linha D’Água, 25(2), 67-90. https://doi.org/10.11606/issn.2236-4242.v25i2p67-90
Seção
Artigos originais