A PAISAGEM CULTURAL EM JOÃO CABRAL DE MELO NETO: AS VIVÊNCIAS DO CAPIBARIBE

  • Márcia Manir Miguel Feitosa UFMA
  • Renata Ribeiro Lima UFMA
Palavras-chave: literatura e geografia, paisagem, poesia brasileira contemporânea, geografia humanista cultural, fenomenologia.

Resumo

Este estudo busca analisar de que forma a paisagem e a arte são dimensões convergentes que expressam a possibilidade de diálogo entre geografia e literatura, tendo como objeto a obra O cão sem plumas, do poeta pernambucano João Cabral de Melo Neto.  Nossa leitura foi feita à luz da geografia humanista cultural, de base teórica fenomenológico-existencialista.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Márcia Manir Miguel Feitosa, UFMA
Publicado
2013-06-27
Como Citar
Feitosa, M., & Lima, R. (2013). A PAISAGEM CULTURAL EM JOÃO CABRAL DE MELO NETO: AS VIVÊNCIAS DO CAPIBARIBE. Linha D’Água, 26(1), 50-66. https://doi.org/10.11606/issn.2236-4242.v26i1p50-66
Seção
Artigos originais