Entre Imagem e Palavra

uma análise do foco narrativo nos contos “Galo cantou na baía”, de Manuel Lopes e “Um ladrão”, de Graciliano Ramos

  • Luzia Barros Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas, USP
Palavras-chave: foco narrativo, neorrealismo, literatura e política

Resumo

Analisamos neste artigo os contos "Galo cantou na baía”, de Manuel Lopes (1936), e “Um ladrão” (1939), de Graciliano Ramos. Considerando que naquele momento histórico a literatura era um ambiente privilegiado para promover debates urgentes em prol de populações que viviam em situação de extrema vulnerabilidade, abordamos, desde a perspectiva do foco narrativo, as estratégias discursivas empregadas pelos autores então política e claramente orientados e engajados. 

 

Biografia do Autor

Luzia Barros, Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas, USP
Letras Clássicas e Vernáculas - Estudos Comparados de Literaturas de Lingua Portuguesa.
Publicado
2018-12-17
Como Citar
BARROS, L. Entre Imagem e Palavra. Literartes, v. 1, n. 9, p. 142-158, 17 dez. 2018.