[1]
A. Dias Mendonça e E. Testa, “Renascimento como metáfora para a assunção da identidade de gênero contraposta à heteronormatividade em Mulher de mim, de Mia Cout”o, literartes, vol. 1, nº 9, p. 119-130, out. 2018.