A pintura na literatura

  • Roberto Carvalho de Magalhães Università Internazionale dell'Arte
Palavras-chave: Literatura, pintura, séculos XIX e XX.

Resumo

Pode-se falar em uma verdadeira tradição no uso da pintura na literatura, que, iniciada com Goethe, em 1774, chega até nossos dias com Georges Perec e Thomas Bernhard. Este fenômeno, na França, foi favorecido pela grande controvérsia renovada a cada ano, no século XIX, pelo Salon Annuel de Peinture, envolvendo escritores como Theópile Gautier, Baudelaire e Zola. Sem ignorar outras literaturas, o texto retraça os percursos seguidos por esse fenômeno na literatura francesa dos séculos XIX e XX.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Roberto Carvalho de Magalhães, Università Internazionale dell'Arte
Professor da Università Internazionale dell'Arte - Florência, Itália
Publicado
1997-12-04
Como Citar
Magalhães, R. (1997). A pintura na literatura. Literatura E Sociedade, 2(2), 69-88. https://doi.org/10.11606/issn.2237-1184.v0i2p69-88
Seção
Ensaios