À roda da vida: escrita de si e persona literária nos ensaios de Charles Lamb e nas crônicas de Machado de Assis

  • Daniel Lago Monteiro Universidade de São Paulo (USP)
Palavras-chave: Charles Lamb, Machado de Assis, Ensaio de periódico inglês, Crônica brasileira, Memória, Persona literária

Resumo

O presente artigo se propõe a investigar as afinidades entre os ensaios de periódicos de Charles Lamb (1775-1834) e as séries de crônicas de Machado de Assis (1839-1908), a fim de observar o comportamento uniforme de um narrador-eu que costura os acontecimentos cotidianos à luz de suas memórias e experiências de vida.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Daniel Lago Monteiro, Universidade de São Paulo (USP)

Bacharel e licenciatura em História pela Universidade de São Paulo (2005), mestrado em Filosofia pela Universidade de São Paulo (2010) e doutorado em Teoria Literária e Literatura Comparada pela Universidade de São Paulo (2016). Foi pesquisador visitante junto ao Departamento de Literatura Inglesa da Universidade de Londres, Birkbeck College, (2014) e bolsista Fulbright junto ao Departamento de Literatura Inglesa de Rutgers, The State University of New Jersey (2014-15). Tem experiência na área de literatura inglesa, crítica literária e História da Filosofia, com ênfase em Estética, atuando principalmente nos seguintes temas: literatura e filosofia britânicas do século XVIII, o sublime e o belo, ensaio literário e poéticas do romantismo inglês.

Publicado
2018-06-05
Como Citar
Monteiro, D. (2018). À roda da vida: escrita de si e persona literária nos ensaios de Charles Lamb e nas crônicas de Machado de Assis. Literatura E Sociedade, 22(25), 181-196. https://doi.org/10.11606/issn.2237-1184.v0i25p181-196
Seção
Dossiê