Editorial

  • Marcus Vinicius Mazzari Universidade de São Paulo (USP)
Palavras-chave: Editorial, Dossiê Romance, Romance de Formação, Bildungsroman

Resumo

Com este conjunto de ensaios a Revista Literatura e Sociedade dá continuidade ao dossiê do número anterior, dedicado a manifestações, em diversas literaturas, do chamado “Romance de Formação” (Bildungsroman), gênero historicamente associado ao nome de Goethe e a seu romance Os anos de aprendizado de Wilhelm Meister (1795/96). Desta vez, porém, não é Wilhelm Meister que abre a coletânea, mas sim o primeiro grande herói romanesco da literatura ocidental, abordado (assim como seu escudeiro) justamente sob o aspecto da aprendizagem – e, portanto, também da formação – no ensaio “Cervantes: dom Quixote e Sancho Pança – fragmentos de uma aprendizagem deleitosa”.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Marcus Vinicius Mazzari, Universidade de São Paulo (USP)

Marcus Vinicius Mazzari é professor de Teoria Literária e Literatura Comparada na Universidade de São Paulo. Traduziu para o português textos de Adelbert von Chamisso, Bertolt Brecht, Gottfried Keller, Heinrich Heine, Karl Marx, Walter Benjamin, Jeremias Gotthelf e outros. Entre suas publicações estão Romance de formação em perspectiva histórica (Ateliê, 1999), Labirintos da aprendizagem (Editora 34, 2010). Elaborou comentários, notas, apresentações e posfácios para o Fausto de Goethe, em tradução de Jenny Klabin Segall (Editora 34: Primeira Parte, 6ª ed. revista e ampliada, 2016; Segunda Parte, 5ª ed. 2017).

Publicado
2018-12-06
Como Citar
Mazzari, M. (2018). Editorial. Literatura E Sociedade, 23(28), 5-6. https://doi.org/10.11606/issn.2237-1184.v0i28p5-6
Seção
Editorial