E. T. A. Hoffmann e a formação parodística

  • Rafael Rocca dos Santos Universidade de São Paulo (USP)
  • Marcus Vinicius Mazzari Universidade de São Paulo (USP)
Palavras-chave: Bildungsroman, Formação, Hoffmann, Murr, Paródia

Resumo

As relações literárias entre E. T. A. Hoffmann e seu tempo estendem-se por diversas épocas e passam por diversos autores e temas. Entre eles, o romance de formação, tão caro à literatura do final dos séculos XVIII e seguintes, foi abordado de uma maneira inusitada por esse autor do romantismo tardio alemão. Este ensaio busca traçar, em primeiro lugar, as relações literárias entre o autor do romance de formação por excelência, Johann Wolfgang von Goethe (o primeiro Wilhelm Meister), e E. T. A. Hoffmann, seu contemporâneo. Em um segundo momento, buscar-se-á demonstrar como Hoffmann incorporou a ideia do romance de formação, porém acrescentando a ela um elevado conteúdo irônico e cômico, parodiando o conceito de formação (Bildung), no romance Reflexões do Gato Murr.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Rafael Rocca dos Santos, Universidade de São Paulo (USP)

Rafael Rocca dos Santos é pós-doutorando junto ao departamento de Teoria Literária e Literatura Comparada da FFLCH/USP. Desenvolve atualmente uma pesquisa sobre as manifestações do “duplo” (Doppelgänger) na obra de E. T. A. Hoffmann. É tradutor de inglês e alemão.

Marcus Vinicius Mazzari, Universidade de São Paulo (USP)

Marcus Vinicius Mazzari é professor de Teoria Literária e Literatura Comparada na Universidade de São Paulo. Traduziu para o português textos de Adelbert von Chamisso, Bertolt Brecht, Gottfried Keller, Heinrich Heine, Karl Marx, Walter Benjamin, Jeremias Gotthelf e outros. Entre suas publicações estão Romance de formação em perspectiva histórica (Ateliê, 1999), Labirintos da aprendizagem (Editora 34, 2010). Elaborou comentários, notas, apresentações e posfácios para o Fausto de Goethe, em tradução de Jenny Klabin Segall (Editora 34: Primeira Parte, 6ª ed. revista e ampliada, 2016; Segunda Parte, 5ª ed. 2017).

Publicado
2018-12-06
Como Citar
Santos, R., & Mazzari, M. (2018). E. T. A. Hoffmann e a formação parodística. Literatura E Sociedade, 23(28), 54-65. https://doi.org/10.11606/issn.2237-1184.v0i28p54-65
Seção
Dossiê