A “aristocracia do pé no chão” e o herói popular em Belém do Grão-Pará de Dalcídio Jurandir

  • Maíra Oliveira Maia Universidade da Amazônia (UNAMA)
  • Edgar Monteiro Chagas Júnior Universidade da Amazônia (UNAMA)
Palavras-chave: Cidade, “Aristocracia do Pé no Chão”, Fausto, Decadência, Esperança

Resumo

Dalcídio Ramos Jurandir, um dos maiores romancistas do modernismo da Amazônia, militante atuante do Partido Comunista Brasileiro (PCB) e idealizador do Ciclo do Extremo Norte, construiu uma perspectiva de História sobre a cidade de Belém nos anos de 1920 no seu romance premiado Belém do Grão-Pará. Na sua narrativa sobre a cidade em crise econômica após o fausto da borracha, Jurandir apresenta uma outra possibilidade de história a partir da população pobre do interior do Estado, que, ao se rebelar contra o descaso dos poderes públicos, retoma a tradição do movimento cabano do século XIX, lutando em armas contra os que a exploravam. Nessa trama de descaso, opressão e resistência, surge um novo sol na cidade de Belém do Grão-Pará, através da “aristocracia do pé no chão”, a “gente comum”, da qual descende o próprio Dalcídio Jurandir e a personagem seu Lício, o herói de um universo em crise, porém engajada nas lutas do seu tempo.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Maíra Oliveira Maia, Universidade da Amazônia (UNAMA)

Maíra Oliveira Maia é doutora em História Social da Amazônia. Docente do curso de Licenciatura Plena em História da Universidade da Amazônia (UNAMA).
Contato mairamaia1309@yahoo.com

Edgar Monteiro Chagas Júnior, Universidade da Amazônia (UNAMA)

Edgar Monteiro Chagas Júnior é doutor em Sociologia e Antropologia. Docente do programa de Pós-Graduação em Comunicação, Linguagens e Cultura (PPGCLC) da Universidade da Amazônia (UNAMA). edgarchagas@yahoo.com.br

Publicado
2018-12-06
Como Citar
Maia, M., & Chagas Júnior, E. (2018). A “aristocracia do pé no chão” e o herói popular em Belém do Grão-Pará de Dalcídio Jurandir. Literatura E Sociedade, 23(28), 213-230. https://doi.org/10.11606/issn.2237-1184.v0i28p213-230
Seção
Dossiê