Como e porque sou crítico

  • Antonio Candido Universidade de São Paulo (USP)

Resumo

Texto de Antonio Candido publicado no livro-homenagem Antonio Candido cem anos (Editora 34) e republicado neste número de Literatura e Sociedade.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Antonio Candido, Universidade de São Paulo (USP)

Antonio Candido de Mello e Souza foi escritor e ensaísta, um dos mais importantes críticos literários brasileiros. Em 1937, iniciou os cursos de Direito e de Ciências Sociais na Universidade de São Paulo. Formou-se em Ciências Sociais em 1941. Tornou-se livre-docente de Literatura Brasileira em 1945 e doutor em Ciências em 1954. Em 1974, passou a professor titular de Teoria Literária e Literatura Comparada da USP, cargo em que se aposentou em 1978. Foi professor associado de Literatura Brasileira na Universidade de Paris, de 1964 a 66, e, em 1968, professor visitante de Literatura Brasileira e Literatura Comparada na Universidade de Yale. Foi coordenador do Instituto de Estudos da Linguagem (IEL) da Unicamp, de 1976 a 78. Foi professor-emérito da USP e da UNESP, doutor honoris causa da Unicamp e professor honorário do IEA. De suas obras de crítica literária, a mais importante é Formação da Literatura Brasileira (Momentos Decisivos), de 1959. Como ensaio sociológico, é considerado clássico seu estudo sobre o caipira paulista e sua transformação, Os Parceiros do Rio Bonito (1964). Entre os prêmios recebidos estão: Jabuti de Literatura (1965 e 1993); Machado de Assis (1993); Anísio Teixeira (1996); Camões (1998) e Juca Pato (2007). Faleceu em 12 de maio de 2017.

Publicado
2019-12-31
Como Citar
Candido, A. (2019). Como e porque sou crítico. Literatura E Sociedade, 24(30), 237-242. Recuperado de http://www.revistas.usp.br/ls/article/view/167720