[1]
F. Andrade, “O último cigarro, o primeiro lápis: a vida como rascunho em A consciência de zeno, de Italo Svev”o, LS, vol. 23, nº 28, p. 139-162, dez. 2018.