Portal da USP Portal da USP Portal da USP

Pêndulo entre negatividade e utopia no Poeta en Nueva York de García Lorca

Marcelo Freitas Ferreira de Oliveira

Resumo


Este trabalho busca explorar o movimento pendular entre deflagração de uma realidade distópica e alusão a um mundo utópico existente em grande parte dos poemas do livro Poeta en Nueva York de García Lorca. Parte-se da contextualização histórica da obra e de uma explanação acerca de sua organização externa em seções - a qual poderia sugerir uma espécie de crônica da viagem do poeta pelos Estados Unidos -, para em seguida ingressar numa breve análise de determinados poemas, de modo a explicitar o seu caráter eminetemente lírico, na medida em que os dramas individuais do sujeito poético e os dramas da coletividade, simbolizados pela cidade de Nova York, se mostram fundidos ao longo da coletânea.


Palavras-chave


Negatividade; utopia; Poeta en Nueva York; García Lorca

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.11606/issn.2448-1769.mag.2015.90156

Métricas do Artigo

Carregando métricas...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2015 Marcelo Freitas Ferreira de Oliveira

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.