O processo de paz em New Gaza

Uma análise do filme New Gaza, de Rita Martins Tragtenberg, e dos contos “O Processo de Paz”, “Israel em Três Tempos” e “O Retrato”, de Jacó Guinsburg

  • Ana Ferreira Universidade de São Paulo
Palavras-chave: Guinsburg, “O processo de paz”, cinema e literatura brasileira contemporânea, New Gaza, filme brasileiro

Resumo

O presente artigo promove uma análise do filme New Gaza (Brasil, 2013), de Rita Martins Tragtenberg, criado a partir de três contos de Jacó Guinsburg, integrantes do livro O que aconteceu, aconteceu (Brasil, 2000). Em New Gaza, Scholem, um judeu ortodoxo, tem a ideia de fabricar bandeiras de Israel e dos Estados Unidos para vender a manifestantes árabes. Mesclando drama, humor e lirismo, o filme aborda o conflito na Faixa de Gaza e retrata a situação dos imigrantes no Brasil. A análise confronta as obras de partida e de chegada, apontando o que foi mantido, alterado e recriado pela cineasta.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Ana Ferreira, Universidade de São Paulo

http: //lattes.cnpq.br/3719153531208567

Referências

ARENDT, Hannah. Eichmann in Jerusalem. A Report on the Banality of Evil. Harmondsworth:
Penguin, 1994, p. 59. http://passapalavra.info/2010/06/24723.
BENJAMIN, Walter. Obras Escolhidas I. São. Paulo: Brasiliense, 1996.
BUTLER, Judith. Caminhos divergentes: judaicidade e crítica ao sionismo. São Paulo:
Boitempo Editorial, 2017.
CANDIDO, Antonio. O discurso e a cidade. Rio de Janeiro: Ouro Sobre Azul, 2010.
CARVALHAL, Tânia Franco. Literatura comparada. 2. ed. São Paulo: Ática, 1992.
FINKELSTEIN, Norman . A indústria do Holocausto – Reflexões sobre a exploração do
sofrimento judeu. Rio de Janeiro: Record, 2001.
______. Imagem e realidade do conflito Israel-Palestina. Rio de Janeiro: Record, 2005.
GOMES, Aura Rejane. A questão da Palestina e a fundação do Estado de Israel. Dissertação
de mestrado. Universidade de São Paulo, Departamento de Ciência Política, 2001.
GUINSBURG, Jacó. O que aconteceu, aconteceu. São Paulo: Ateliê Editorial, 2001.
HARFOUSH, Jamal Mahd Hasan. A questão da Palestina e o Direito Internacional. TCC
apresentado ao Curso de Direito da Universidade de Santa Cruz do Sul, UNISC, 2016.
JAKOBSON, Roman. Linguística. Poética. Cinema. São Paulo: Perspectiva, 2007.
LUKÁCS, György. Narrar ou descrever. Marxismo e teoria da literatura. São Paulo: Expressão
Popular, 2012.
PAPPÉ, Ilan. A limpeza étnica da Palestina. São Paulo: Sundermann, 2016.
SAAB, Luciana. O projeto de paz de Oslo: considerações e críticas sobre as origens do
processo de paz Israel-Palestina (1991-1995). Mestrado pelo Programa de Pós-graduação
em Relações Internacionais San Tiago Dantas (Unesp/Unicamp/PUC-SP), São Paulo, 2016.
SAHD, Fábio Bacila. Repensar a Nakba – Os refugiados palestinos de 1948. Revista Espaço
Acadêmico, nº 135, agosto de 2012.
SAID, Edward W. A questão da Palestina. São Paulo: Editora da Unesp, 2012.
______. Cultura e imperialismo. São Paulo: Companhia das Letras, 2011.
TREISTMAN, Marcelo. Benny Morris: o que você não queria saber sobre o conflito. http://
www.conexaoisrael.org/benny-morris-e-o-fim-de-todos-os-mitos/2017-07-21/marcelo
(acesso em 9/3/2019).
TUDELA, Benjamin de. Viajes de Benjamin de Tudela (1160-1173). Trad.: Ignacio Gonzales
Llubera. Madrid: V.H. Sanz Calleja, 1918.
______. O itinerário de Benjamin de Tudela. Organização e tradução de Jacó Guinsburg. São
Paulo: Perspectiva, 2017.
XAVIER, Ismail. O olhar e a voz: a narração multifocal do cinema e a cifra da História em
São Bernardo. Literatura e Sociedade. São Paulo, n. 2, 1997.
______. Do texto ao filme: a trama, a cena e a construção do olhar no cinema. PELLEGRINI,
Tânia et al. Literatura, cinema e televisão. São Paulo: Editora Senac/Instituto Itaú Cultural,
2003.
Publicado
2019-09-23
Como Citar
Ferreira, A. (2019). O processo de paz em New Gaza. Malala, 7(10), 81-102. https://doi.org/10.11606/issn.2446-5240.malala.2019.154340