“Nós preferimos obedecer. É isso que é necessário romper. Se você romper com o castigo, rompe com a relação de obediência, que é o princípio da relação de poder, de Estado e de soberania.”

  • Edson Passetti Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP)
  • Ariel Finguerut Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas
  • Cila Lima Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Edson Passetti, Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP)

É professor da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP), doutor em Política pela PUC-SP (1994); é professor livre-docente da PUC-SP desde 2000. Como pesquisador, atua principalmente nos seguintes temas: anarquismo, política, abolicionismo penal, sociedade de controle e Estado na linha de pesquisa Poder, Resistências e Liberdade (fonte: Plataforma Lattes).

Ariel Finguerut, Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas

Membro do Conselho Científico da Revista Malala e pesquisador do Grupo de Trabalho sobre Oriente Médio e Mundo Muçulmano (GTOMMM-FFLCH/USP)

Cila Lima, Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas

Membro pesquisadora do Grupo de Trabalho sobre Oriente Médio e Mundo Muçulmano (GTOMMM-FFLCH/USP)

Publicado
2019-09-23
Como Citar
Passetti, E., Finguerut, A., & Lima, C. (2019). “Nós preferimos obedecer. É isso que é necessário romper. Se você romper com o castigo, rompe com a relação de obediência, que é o princípio da relação de poder, de Estado e de soberania.”. Malala, 7(10), 23-35. https://doi.org/10.11606/issn.2446-5240.malala.2019.162551