Foco e Escopo

A Revista Mare Nostrum – Estudos Sobre o Mediterrâneo Antigo é uma publicação organizada pelo Laboratório de Estudos Sobre o Império Romano e Mediterrâneo Antigo da Universidade de São Paulo (LEIR-MA/USP), grupo que congrega classicistas de diversas áreas (história, arqueologia, literatura, entre outros) cujas pesquisas se enquadram dentro de quase dezoito séculos da Antiguidade, aproximadamente do século XII a.C. ao VI d.C. (da cerâmica ática aos papiros alexandrinos, de Atenas à Gália, de Homero e Heródoto a Estrabão e Plínio, das termas pompeianas às revoltas judaicas ou às imagens de Alexandre...). Não obstante a diversidade dos temas, metodologias, regiões e períodos estudados nas pesquisas individuais, um elemento une a todos: a indagação e a problematização dos processos de integração e desintegração social na Antiguidade. De maneiras diferentes, as pesquisas do laboratório, "como formigas ou sapos ao redor de uma poça" (Platão, Fédon, 109b), se voltam para o Mediterrâneo, que aparece como um eixo espacial para esses processos.

A Revista se propõe como um núcleo de reflexão e debates a respeito dos vários aspectos da Antiguidade (econômicos, sociais, políticos e culturais) que operaram principalmente no espaço hoje conhecido como Mediterrâneo, mas também no universo das sociedades não mediterrâneas antigas que direta ou indiretamente se relacionavam com ele. Nesse sentido, a Mare Nostrum está aberta para textos científicos de cunho variado, desde publicações de resultados conclusivos de pesquisas até pequenos ensaios teóricos e metodológicos, ou mesmo exercícios de reflexão out-of-the-box, uma vez que a necessidade de lidar com a ideia de integração e desintegração das diferentes sociedades antigas de forma a não reificar ou teleologizar o Mediterrâneo como uma totalidade fechada exige certa ousadia experimental. Nesse espírito, a Revista também busca contribuições das mais variadas áreas do conhecimento, tendo em vista a construção de um debate franco e aberto no que diz respeito ao cenário intelectual atual de estudos sobre a Antiguidade.

Periodicidade

Semestral

Política de Acesso Livre

Esta revista oferece acesso livre imediato ao seu conteúdo, seguindo o princípio de que disponibilizar gratuitamente o conhecimento científico ao público proporciona maior democratização mundial do conhecimento.