Portal da USP Portal da USP Portal da USP

Netflix e a manutenção de gêneros televisivos fora do fluxo

Cecilia Almeida Lima, Diego Gouveia Moreira, Janaina Costa Calazans

Abstract


O Emmy de 2013 indicou séries produzidas pela Netflix, que nunca passaram por uma grade de programação televisiva. Esse fato abriu oportunidade para discussões sobre o que determina se um produto é televisual ou não, levando em consideração as teorias que definem produtos televisivos a partir da exibição no fluxo contínuo e as teorias que analisam essas produções diante das recorrências de características que denotam a constituição de gêneros textuais televisivos. O presente artigo tem como objetivo principal entender como programas fora do fluxo televisivo podem ser considerados produtos de televisão. Essa análise será realizada a partir das séries criadas pelo Netflix em 2013

Keywords


Televisão, Netflix, gêneros televisivos



DOI: http://dx.doi.org/10.11606/issn.1982-8160.v9i2p237-256

Article Metrics

Metrics Loading ...

Metrics powered by PLOS ALM

Refbacks

  • There are currently no refbacks.