Midiatização: teorizando a mídia como agente de mudança social e cultural

  • STIG Hjarvard University of Copenhagen
Palavras-chave: midiatização, lógica da mídia, interação social, modernidade, virtualização

Resumo

Usando a midiatização como conceito-chave, este artigo apresenta uma teoria sobre a mídia como agente de mudança cultural e social. A midiatização é um processo de dupla face no qual a mídia se transformou em uma instituição semi-independente na sociedade à qual outras instituições têm que se adaptar. Ao mesmo tempo, a mídia se integrou às rotinas de outras instituições, como política, família, trabalho e religião, já que um número cada vez maior das atividades destes domínios institucionais é realizado através tanto dos meios de comunicação interativos quanto dos meios de comunicação de massa. De forma geral, a midiatização implica uma virtualização da interação social e, observando as affordances institucionais, tecnológicas e estéticas de diferentes meios de comunicação, talvez possamos entender como a mídia molda novos padrões de interação.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

STIG Hjarvard, University of Copenhagen
Professor doutor do Department of Media, Cognition and Communication da University of Copenhagen, Denmark.
Publicado
2012-06-13
Como Citar
Hjarvard, S. (2012). Midiatização: teorizando a mídia como agente de mudança social e cultural. MATRIZes, 5(2), 53-91. https://doi.org/10.11606/issn.1982-8160.v5i2p53-91
Seção
Dossiê