Uma Forma Cultural para a Sociedade Tecnológica

  • Marco Toledo Bastos Universidade de Sao Paulo
Palavras-chave: Forma Cultural, Sentido, Niklas Luhmann, Vilém Flusser

Resumo

O presente artigo reconstrói um debate teórico que permeia as obras de Niklas Luhmann, Dirk Baecker e Vilém Flusser acerca da forma cultural que deverá surgir na sociedade tecnológica. Não obstante a diferença de perspectiva e de orientação epistemológica dos três autores assinalados, suas obras têm em comum o entendimento de que a introdução dos computadores e da internet altera não apenas a cultura, mas também a estrutura material da sociedade. A primeira parte do artigo assinala a necessidade histórica da emergência de uma forma cultural para a tecnologia, enquanto a segunda parte do texto sugere algumas configurações que podem vir a estabilizar o excesso de sentido criado pelos computadores e pela internet.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Marco Toledo Bastos, Universidade de Sao Paulo
Pós-doutorando ECA-USP
Publicado
2013-06-05
Como Citar
Bastos, M. (2013). Uma Forma Cultural para a Sociedade Tecnológica. MATRIZes, 7(1), 193-195. https://doi.org/10.11606/issn.1982-8160.v7i1p193-195
Seção
Em Pauta/Agenda