Crítica e metacrítica: contribuição e responsabilidade das teorias da comunicação

  • Vera Veiga França Departamento de Comunicação Social da Universidade Federal de Minas Gerais
Palavras-chave: Teorias da comunicação, Teoria crítica, Crítica e metacrítica

Resumo

Este texto discute o caráter cíclico das abordagens críticas da comunicação no Brasil nos últimos 40 anos. Os anos 70, 80 se caracterizaram por teorias de diferentes matrizes que denunciaram a mercantilização da cultura, o esvaziamento do simbólico, as disputas por hegemonia na interpretação da realidade. Os 20 anos seguintes foram marcados por certo abandono do viés crítico, em favor do tratamento de aspectos mais recortados do processo e do produto comunicativo. A partir das discussões recentes de Boltanski, situando os conceitos de crítica e metacrítica, apontamos, ao final, a importância do resgate de olhares mais abrangentes nas análises comunicacionais.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Vera Veiga França, Departamento de Comunicação Social da Universidade Federal de Minas Gerais
Professora do Programa de Pós-Graduação em Comunicação da UFMG; coordenadora do GRIS (Grupo de Pesquisa em Imagem e Sociabilidade da FAFICH/UFMG), atua nas áreas de Teorias da Comunicação, Comunicação e Cultura Midiática e Metodologia de Pesquisa em Comunicação.
Publicado
2014-12-08
Como Citar
França, V. (2014). Crítica e metacrítica: contribuição e responsabilidade das teorias da comunicação. MATRIZes, 8(2), 101-116. https://doi.org/10.11606/issn.1982-8160.v8i2p101-116
Seção
Dossiê