O medium silenciado: re-flexões teórico-comunicacionais sobre uma teoria dos media em Walter Benjamin

  • Maurício Liesen Universidade de São Paulo Universität Potsdam
Palavras-chave: Walter Benjamin, medium, teorias dos media, teoria da comunicação, filosofia dos media

Resumo

Este artigo apresenta uma reflexão teórico-comunicacional sobre a divisão conceitual entre medium e meio proposta por Walter Benjamin em seu ensaio Sobre a linguagem em geral e sobre a linguagem humana, escrito em 1916. Argumenta-se aqui que tal refinamento terminológico fundamenta uma teoria da comunicação contrária à arbitrariedade do signo linguístico. Por meio de uma revisão das versões brasileiras de alguns dos mais influentes textos de Benjamin, busca-se recolocar a questão do medium na obra deste filósofo alemão, muitas vezes silenciada nas traduções nacionais.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Maurício Liesen, Universidade de São Paulo Universität Potsdam
Mestre em Comunicação pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (2010) e graduado em Comunicação Social pela Universidade Federal da Paraíba (2007), Maurício Liesen é doutorando da linha de pesquisa 'Epistemologia, Teoria e Metodologia da Comunicação' do Programa de Pós-Graduação em Ciências da Comunicação da Universidade de São Paulo (USP). Sob orientação do Prof. Dr. Ciro Marcondes Filho, atua no Núcleo de Estudos Filosóficos da Comunicação (Filocom). Atualmente desenvolve suas pesquisas na Universität Potsdam (Doutorado Sanduíche), sob orientação do Prof. Dr. Dieter Mersch, como bolsista do Deutscher Akademischer Austauschdienst (DAAD).
Publicado
2014-12-17
Como Citar
Liesen, M. (2014). O medium silenciado: re-flexões teórico-comunicacionais sobre uma teoria dos media em Walter Benjamin. MATRIZes, 8(2), 243-257. https://doi.org/10.11606/issn.1982-8160.v8i2p243-257
Seção
Em Pauta/Agenda