ESCRITA TRADUTÓRIA E ESCRITA LITERÁRIA: ENTREVISTA COM PAULA GLENADEL

  • Thiago Mattos de Oliveira FFLCH - Universidade de São Paulo
  • Álvaro Faleiros FFLCH - USP
  • Paula Glenadel UFF
Palavras-chave: tradução, entrevista

Resumo

O primeiro livro de poemas de Paula Glenadel, "A vida espiralada" (Caetés), data de 1999, três anos após a conclusão do seu doutorado na UFRJ. Em 2005 é lançado "Quase uma arte" (Cosac & Naify), e, em 2008, "A fábrica do feminino" (7Letras). Em 2014, aparece "Rede" (Confraria do Vento). Paralelamente à escrita literária, Paula Glenadel dedica-se à pesquisa acadêmica e à tradução. Michel Deguy, Jacques Roubaud e Nathalie Quintane são alguns dos autores que já traduziu. Nessa entrevista, procuramos explorar as relações, tensões e reverberações que a autora enxerga (e vivencia) entre a escrita tradutória e a escrita literária.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Thiago Mattos de Oliveira, FFLCH - Universidade de São Paulo
Doutorando - Universidade de São Paulo - USP
Publicado
2015-12-14
Como Citar
Mattos de Oliveira, T., Faleiros, Álvaro, & Glenadel, P. (2015). ESCRITA TRADUTÓRIA E ESCRITA LITERÁRIA: ENTREVISTA COM PAULA GLENADEL. Revista Non Plus, 4(7), 178-181. https://doi.org/10.11606/issn.2316-3976.v4i7p178-181