A realização de uma verdade: a literatura na filosofia de Merleau-Ponty

  • Éder Corrêa Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Palavras-chave: Fenomenologia, Arte, Merleau-Ponty, Literatura.

Resumo

A fenomenologia merleau-pontyana não é tão célebre como a de seus conterrâneos, tais como Jean-Paul Sartre e Emanuel Levinas. Contudo, foi um dos primeiros que refletiu o corpo não apenas como uma ruptura do dualismo cartesiano, mas como uma posição do sujeito no mundo. O filósofo falou sobre a experiência humana em um mundo fenomenal, de conceitos que são adquiridos por meio da experiência em relação aos objetos que se dispõem no entorno dos sujeitos. Entre essas relações, a filosofia merleau-pontyana dedicou especial apreço à arte, que para o filósofo é semelhante à própria filosofia ao desenvolver questões que são caras ao pensamento e aos seres humanos. Embora nunca tenha escrito um grande texto dedicado exclusivamente ao tema, suas proposições encontram-se espalhadas em suas obras, de maneira que é possível esboçar um entendimento da arte por meio da leitura das obras de Merleau-Ponty. Este artigo, portanto, propõe debater as posições do filósofo sobre a arte e a literatura.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Éder Corrêa, Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Graduado em Letras. Mestre em Teoria da Literatura pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul. Doutorando em Letras/Teoria, Crítica e Comparatismo pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

Referências

CARBONE, Mauro. Merleau-Ponty, la chair des images: entre peinture et cinema. Paris: Vrin, 2011.

CARMAN, Taylor. Husserl e Heidegger. In: BUNNIN, Nicholas; TSUI-JAMES, E. P. (Orgs.). Compênio de filosofia. São Paulo: Edições Loyola, 2010.

CHAUÍ, Marilena. Experiência do pensamento: ensaios sobre a obra de Merleau-Ponty. São Paulo: Martins Fontes, 2002.

HUSSERL, Edmund. A ideia da fenomenologia. Rio de Janeiro: Edições 70, 2000.

HUSSERL, Edmund. A crise da humanidade européia e a filosofia. Porto Alegre: EDIPUCRS, 2002.

HUSSERL, Edmund. Investigações lógicas: investigações para a fenomenologia e a teoria do conhecimento. Rio de Janeiro: Forense, 2012.

HUSSERL, Edmund. Investigações lógicas: prolegômenos à lógica pura. Rio de Janeiro: Forense, 2014.

MERLEAU-PONTY, Maurice. Fenomenologia da percepção. São Paulo: Martins Fontes, 2015.

MERLEAU-PONTY, Maurice. O visível e o invisível. São Paulo: Perspectiva, 2014.

MERLEAU-PONTY, Maurice. O fantasma da linguagem pura. In: ______. A prosa do mundo. São Paulo: Cosac&Naify, 2006.

MERLEAU-PONTY, Maurice. O olho e o espírito. São Paulo: Cosac & Naify, 2004.

MERLEAU-PONTY, Maurice. Parcours deux. Lagrasse: Verdier, 2001.

MERLEAU-PONTY, Maurice. Signos. São Paulo: Martins Fontes, 1991.

MERLEAU-PONTY, Maurice. Le roman et la métaphysique In: ______. Sens et nonsense. Paris: Nagel, 1966. p.45-72.

MÜLLER, Marcos José. Merleau-Ponty: acerca da expressão. Porto Alegre: EDIPUCRS, 2010.

Publicado
2018-06-30
Como Citar
Corrêa, Éder. (2018). A realização de uma verdade: a literatura na filosofia de Merleau-Ponty. Non Plus, 7(13), 79-92. https://doi.org/10.11606/issn.2316-3976.v7i13p79-92
Seção
ESTUDOS LITERÁRIOS