Descrevendo o bom-tom: transferência e mediação da moda impressa na França para o Brasil na metade do século XIX

Autores

  • Everton Vieira Barbosa Universidade Federal Fluminense

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2316-3976.v8i15p16-32

Palavras-chave:

Transferência cultural, Imprensa, Moda, Mediação cultural

Resumo

Desde os primórdios da publicação de periódicos femininos sobre moda no Brasil Oitocentista, a França se destacava como uma referência cultural. As constatações desta afirmação aparecem nos diversos artigos de moda, assim como na inserção de estampas litografadas, representando vestidos e padrões de bordados, a fim de instruir suas leitoras sobre as distintas indumentárias que poderiam ser usadas em determinados espaços de sociabilidade públicos e privados, na perspectiva de uma pedagogia do olhar. O surgimento do periódico feminino O Jornal das Senhoras (1852-1855), considerado um dos primeiros impressos dirigidos por mulheres no Brasil, reforça a ideia da pedagogia do olhar, na medida em que quase 80% das edições publicadas tiveram a inserção de uma estampa ilustrando vestidos ou padrões de bordado. Grande parte destas ilustrações eram extraídas do periódico de moda francês Le Moniteur de la Mode (1843-1913), assim como a descrição da estampa, traduzida para o português. Neste sentido, propomos compreender as trocas existentes entre os mediadores culturais envolvidos neste processo, e os meios utilizados na transferência cultural da moda francesa para o Brasil.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Everton Vieira Barbosa, Universidade Federal Fluminense

Doutorando em História pela Universidade Federal Fluminense - Niterói. Mestre em História pela UNESP-Assis.

Referências

ALMANAK ADMINISTRATIVO MERCANTIL E INDUSTRIAL: da corte e Província do Rio de Janeiro para o ano bissexto de 1852. Rio de Janeiro: Tipografia de Eduardo e Henrique Laemmert, 1844-1889. Disponível em <http://ddsnext.crl.edu/titles/88>. Acesso em 10 jan. 2019.

BARBOSA, Everton Vieira. Páginas de sociabilidade feminina: sensibilidade musical no Rio de Janeiro Oitocentista. São Paulo: Editora Alameda, 2018.

CORREIO DAS MODAS. Rio de Janeiro: Tipografia de Eduardo e Henrique Laemmert, 1839-1840. Disponível em <http://memoria.bn.br/DocReader/docreader.aspx?bib=717274&pasta=ano%20184&pesq=>. Acesso em 10 jan. 2019.

DONEGÁ, Ana Laura. « A revista Novo Correio de Modas (1852-1854): Moda e literatura francesa com toque tropical »,RITA [En ligne], N°7: juin 2014, mis en ligne le 26 juin 2014. Disponible en ligne : http://www.revue-rita.com/traitsdunion7/a-revista-novo-correio-de-modas-1852-1854-moda-e-literatura-francesa-com-toque-tropical.html . Acesso em 10 jan. 2019.

GUIMARÃES, Valéria (Org.). Transferências culturais: o exemplo da imprensa na França e no Brasil. Campinas, SP: Mercado de Letras; São Paulo: Edusp, 2012.

LE MONITEUR DE LA MODE. Paris: Imprimerie de L. Martinet, 1843-1913. Disponível em <encurtador.com.br/uKV18>. Acesso em 10 jan. 2019.

MARMOTA NA CORTE. Rio de Janeiro: Tipografia de Paula Brito, 1849-1852. Disponível em <encurtador.com.br/ACT12>. Acesso em 10 jan. 2019.

MONTELEONE, Joana. O circuito das roupas: A Corte, o consumo e a moda (Rio de Janeiro, 1840-1889). 2013. 352 páginas. Tese em História Econômica - Universidade de São Paulo, São Paulo. Disponível em <http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8137/tde-11042014-112626/pt-br.php>. Acesso em 10 jan. 2019.

NOVO CORREIO DAS MODAS. Rio de Janeiro: Tipografia de Paula Brito, 1852-1854. Disponível em <encurtador.com.br/bhwH3>. Acesso em 10 jan. 2019.

O ESPELHO. Rio de Janeiro: Tipografia de Paula Brito, 1859-1860. Disponível em: <http://memoria.bn.br/DocReader/docreader.aspx?bib=700037&pasta=ano%20185&pesq=>. Acesso em 10 jan. 2019.

O JORNAL DAS SENHORAS. Rio de Janeiro: Tipografia do Jornal das Senhoras, 1852-1855. Disponível em <encurtador.com.br/bhwH3>. Acesso em 10 jan. 2019.

OUVRY-VIAL, Brigitte. L’acte éditorial : vers une théorie du geste. Communication & langages, nº 154, décembre, 2007, pp. 59-74. Disponível em <https://www.researchgate.net/publication/250375667_L'acte_editorial_vers_une_theorie_du_geste>. Acesso em 10 jan. 2019.

SCOTT, Joan Wallach. “Gênero: uma categoria útil de análise histórica”. Educação & Realidade. Porto Alegre, vol. 20, nº 2, jul./dez. 1995.

Downloads

Publicado

2019-07-30

Como Citar

Barbosa, E. V. (2019). Descrevendo o bom-tom: transferência e mediação da moda impressa na França para o Brasil na metade do século XIX. Non Plus, 8(15), 16-32. https://doi.org/10.11606/issn.2316-3976.v8i15p16-32