PAIXÃO, G. A. da; AMORIM, A. O. S. O tédio em Madame Bovary: justificativa ou condenação?. Non Plus, [S. l.], v. 7, n. 13, p. 45-60, 2018. DOI: 10.11606/issn.2316-3976.v7i13p45-60. Disponível em: http://www.revistas.usp.br/nonplus/article/view/145912. Acesso em: 20 jan. 2021.