Estudos culturais e estudos descoloniais: diálogos e rupturas na construção de uma pesquisa de recepção

  • Fernanda Nascimento Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC)
Palavras-chave: estudos de recepção, estudos culturais, estudos decoloniais, comunicação social

Resumo

Este artigo discute a possibilidade de construção de uma pesquisa de recepção por meio da articulação entre os estudos culturais e os estudos descoloniais. A partir da constatação de que os estudos de recepção estão intrinsecamente relacionados aos estudos culturais e que esta última tradição de estudos tem recebido críticas por autores descoloniais, propõe-se a construção de uma pesquisa de recepção inspirada nos estudos descoloniais.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Fernanda Nascimento, Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC)

Jornalista, mestra em Comunicação Social pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS), doutoranda no Programa Interdisciplinar em Ciências Humanas pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), na área de Estudos de Gênero.

Referências

BALLESTRIN, Luciana. América Latina e o giro decolonial. Rev. Bras. Ciênc. Polít., Brasília , n. 11, p. 89-117, Aug. 2013 . Available from <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-33522013000200004&lng=en&nrm=iso>. access on 28 Nov. 2016. http://dx.doi.org/10.1590/S0103-33522013000200004

COSTA, Marisa Vorraber; SILVEIRA, Rosa Hessel and SOMMER, Luis Henrique.Estudos culturais, educação e pedagogia. Rev. Bras. Educ. [online]. 2003, n.23, pp.36-61. ISSN 1413-2478. http://dx.doi.org/10.1590/S1413-24782003000200004.

ESCOSTEGUY, Ana Carolina. Cartografia dos estudos culturais – uma versão latino-americana. Belo Horizonte: Autência. Ed. online, 240p, 2010.

ESCOSTEGUY, Ana Carolina e JACKS, Nilda. Comunicação e Recepção. São Paulo: Hacker Editores, 2005.

GOMES, Itania Maria Mota. Efeito e recepção: a interpretação do processo receptivo em duas tradições de investigação sobre os media. Rio de Janeiro: E-Papers Serviços Editoriais, 2004.

GOMEZ, Hector. Sociología cultural y comunicología: cultura y comunicación a finales del siglo XX. In: CÀCERES, Jesús Galindo; GARCIA, Marta Rizo (coord.) História de La comunicología posible: Lãs fuentes de um pensamiento científico em construccíon. Leon: Universidade Iberoamericana León, 2011.

GROSFOGUEL, Ramon. Para descolonizar os estudos de economia política e os estudos pós-coloniais: transmodernidade, pensamento de fronteira e colonialidade global. Revista Crítica de Ciências Sociais, Coimbra, n. 80, março de 2008.

HALL, Stuart. Da diáspora: Identidades e mediações culturais. 2ª ed. Belo Horizonte: Editora UFMG, 2013, 480p.

JACKS, Nilda; MENEZES, Daiane. Estudos de recepção no Brasil: um panorama da última década. Apresentado no GT Recepção: processos de interpretação, uso e consumo midiáticos do XXI Encontro da Compós, em junho/2012. Disponível em: http://www.compos.org.br/data/biblioteca_1935.doc

LUGONES, María. Rumo a um feminismo decolonial. Revista Estudos Feministas, CFH/CCE/UFSC, vol. 22, n. 3, 2014, pp.935-952. Disponível em Acesso em: 11 Ago. 2016.

MARTÍN-BARBERO, Jesús. Nosotros habíamos hecho estudios culturales mucho antes de que esta etiqueta apareciera. Entrevista a Jesús Martín-Barbero. Dissens, n. 3, p. 47-53, 199

MIGNOLO, Walter. Introduction. Coloniality of power and decolonial thinking. Cultural Studies, v. 21, n. 2-3, p. 155-167, 2007.

________________. Posoccidentalismo: el argumento desde América Latina. Cuadernos Americanos, Nueva Época, Mexico, v, 1, n. 67, , p. 143-165, enero/feb. 1998.

RESTEPRO, Eduardo. Sobre os Estudos Culturais na América Latina. Revista Educação. Porto Alegre, v. 38, n.1, p. 21-21, jan-abr, 2015, Disponível em:

http://revistaseletronicas.pucrs.br/ojs/index.php/faced/article/download/20325/12750. Acesso em 10 jan. 2017.

REYNOSO, Carlos. Apogeo y decadencia de los estudios culturales: una mirada antropológica. Barcelona: Gedisa, 2000.

WALSH, Catherine. ¿Qué saber, qué hacer y cómo ver? Los desafíos y predicamentos disciplinares, políticos y éticos de los estudios (inter)culturales desde América andina. In: WALSH, Catherine (Comp.). Estudios culturales latinoamericanos: retos desde y sobre la región Andina. Quito: Universidad Simón Bolívar/Abya-Yala, 2003. p. 11-28.

Publicado
2018-07-10
Como Citar
Nascimento, F. (2018). Estudos culturais e estudos descoloniais: diálogos e rupturas na construção de uma pesquisa de recepção. Novos Olhares, 7(1), 80-87. https://doi.org/10.11606/issn.2238-7714.no.2018.140941
Seção
ARTIGOS