Análise das interações entre sociedade e organização nas mídias sociais: um estudo da campanha “Papo de Mulher para Mulher” da loja Marisa

  • Anne Cristine Ferraz de Oliveira Faculdade de Arquitetura, Artes e Comunicação da Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (Faac-Unesp)
  • Roseane Andrelo Faculdade de Arquitetura, Artes e Comunicação da Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (Faac-Unesp)
Palavras-chave: mídias sociais, discurso da diversidade, comunicação organizacional, resposta social

Resumo

O artigo analisa a campanha “Papo de mulher para mulher” da loja Marisa e os comentários publicados nas mídias sociais, trabalhando na perspectiva do sistema de resposta social de José Luiz Braga. O objetivo principal do estudo é compreender como ocorre a construção do discurso de diversidade da Marisa a partir da análise das interações entre sociedade e organização, levantando pistas que levem à compreensão de como ocorre a comunicação organizacional voltada à diversidade e evidenciando as respostas sociais do público diante do discurso da loja no âmbito das mídias sociais. Constatou-se que o discurso de diversidade empregado pela organização não condiz com suas práticas e que grande parte dos leitores que comentaram na postagem tem posicionamento desfavorável à campanha, visto que não perceberam a representatividade de diferentes mulheres.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Anne Cristine Ferraz de Oliveira, Faculdade de Arquitetura, Artes e Comunicação da Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (Faac-Unesp)

Mestranda no Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu de Comunicação Midiática da Faculdade de Arquitetura, Artes e Comunicação da Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (Faac-Unesp) de Bauru. Graduada em Administração pela Instituição Toledo de Ensino (ITE).

Roseane Andrelo, Faculdade de Arquitetura, Artes e Comunicação da Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (Faac-Unesp)

Doutora em Educação Escolar pela Unesp de Araraquara. Mestre em Comunicação Midiática pela Unesp de Bauru. Docente do Programa de Pós-Graduação em Comunicação Midiática da Faac-Unesp.

Referências

BARDIN, L. Análise de conteúdo. Lisboa: Edições 70, 3a. reimp. da 1a. ed., 2011.

BARICHELLO, E. M. M. R.; KEGLER, J. Q. S. A organizações sociais no espaço midiatizado: os suportes digitais como meios e estratégias de representação organizacional. Sociais e Humanas, v. 20, 2007, p. 99-107.

BRAGA, J. L. A sociedade enfrenta sua mídia: Dispositivos sociais de crítica midiática. São Paulo: Ed. Paulus, 2006.

CHARAUDEAU, P. Discurso das mídias. 1a. ed.São Paulo: Contexto, 2009.

COX, T. Jr. Cultural diversity in organizations: Theory, research & practice. San Francisco: Berrett-Koehler Publishers, 1994.

CUNHA, C. D. Luiz Carlos Assis Iasbeck: a comunicação como construção de vínculos e seu potencial na administração das identidades das organizações. In: OLIVEIRA, I. L.; PENNINI, A.; MOURÃO, I. Compreendendo um campo de conhecimento: reflexões epistemológicas sobre a Comunicação Organizacional a partir de autores brasileiros. Curitiba, PR: CRV, 2015.

IASBECK, L. C. A. Discurso na Gestão da Comunicação. In: MELO, J. M. de. (Org.). Enciclopédia Intercom de Comunicação. 1a ed. São Paulo: Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação, 2010, v. vol 1, p. 408-409. Disponível em: <http://www.ciencianasnuvens.com.br/site/wp-content/uploads/2013/07/Enciclopedia-Intercom-de-Comunica%C3%A7%C3%A3o.pdf>. Acesso em 13 jun. 2017.

KUNSCH, M. M. K. Planejamento de Relações Públicas na Comunicação Integrada. 5ª. ed. São Paulo: Summus, 2003.

NKOMO, S. M.; COX, T. Jr. Diversidade e identidade nas organizações. In: CALDAS, Miguel P.; FACHIN, Roberto; FISCHER, Tânia (Org. ed. brasileira.). Handbook de estudos organizacionais: modelos de análise e novas questões em estudos organizacionais. 1.ed. São Paulo: Atlas, 1999. v.1, p.332-358.

OLIVEIRA, I. L.; HENRIQUES, M. S.; PAULA, M. A. A sociedade enfrenta suas organizações? Interação entre organizações e sociedade nas mídias sociais articulada pelo discurso da sustentabilidade. Revista Esferas, n. 1, 2012, p. 169-178. Disponível em: <https://portalrevistas.ucb.br/index.php/esf/article/view/3065>. Acesso em 31 mai. 2017.

RECUERO, R.; BASTOS, M.; ZAGO, G. Análise de redes para mídia social. Porto Alegre: Sulina, 2015.

REUTERS. Facebook chega a 1,94 bilhão de usuários em todo o mundo no 1º trimestre de 2017. G1, 04 de maio de 2017. Disponível em: <http://g1.globo.com/tecnologia/noticia/facebook-chega-a-194-bilhao-de-usuarios-em-todo-o-mundo-no-1-trimestre-de-2017.ghtml>. Acesso em 23 mai. 2017.

Publicado
2018-07-10
Como Citar
Oliveira, A. C., & Andrelo, R. (2018). Análise das interações entre sociedade e organização nas mídias sociais: um estudo da campanha “Papo de Mulher para Mulher” da loja Marisa. Novos Olhares, 7(1), 106-115. https://doi.org/10.11606/issn.2238-7714.no.2018.141588
Seção
ARTIGOS