O papel do Twitter no agendamento jornalístico em mídia regional no Paraná

  • Vanessa Cristina de Abreu Torres Hrenechen Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG)
  • Sérgio Luiz Gadini Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG)
Palavras-chave: Teoria da agenda, Valor-notícia, Agenda-setting, Twitter

Resumo

Este artigo discute os pressupostos da teoria do agendamento, ou agenda-setting, e busca compreender em que aspectos a rede social Twitter consegue agendar o jornal on-line Gazeta do Povo. Em seguida, o texto procura identificar os parâmetros de relevância empregados pelo jornalista ao utilizar os posts feitos no Twitter, destacando os principais valores-notícia em cada matéria. O recorte do estudo compreende o material empírico encontrado na home da Gazeta do Povo de 1º de junho de 2017 – momento em que o jornal passou a circular exclusivamente em suas plataformas digitais – ao dia 1º de agosto de 2017, compreendendo um período total de dois meses.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Vanessa Cristina de Abreu Torres Hrenechen, Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG)

Mestranda e graduada em Jornalismo pela UEPG.

Sérgio Luiz Gadini, Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG)

Doutor em Ciências da Comunicação pela Universidade do Vale do Rio dos Sinos (Unisinos). Mestre em Comunicação e Cultura Contemporânea pela Universidade Federal da Bahia (UFBA). Graduado em Comunicação Social pela Universidade Federal de Santa Maria (UFSM). Professor de Comunicação/Jornalismo da Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG).

Referências

AMARAL, M. F. Os (des)caminhos da notícia rumo ao entretenimento. Estudos em Jornalismo e Mídia, Florianópolis, ano 5, n. 1, 1. p. 63-73, sem. 2008. Disponível em: <https://bit.ly/2yKUr3k>. Acesso em: 8 out. 2018.

CABRAL, A. L. T.; LIMA N. V. Argumentação e polêmica nas redes sociais: o papel de violência verbal. Signo, Santa Cruz do Sul, v. 42, n. 73, p. 86-97, jan.-abr. 2017.

FORMIGA, F. O. N. A evolução da hipótese de agenda-setting. 2006. 93 f. Dissertação (Mestrado em Comunicação) – Universidade de Brasília, Brasília, 2006.

FRANCISCATO, C. E. Limites teóricos e metodológicos nos estudos sobre a noticiabilidade. In: ENCONTRO DA ASSOCIAÇÃO NACIONAL DOS PROGRAMAS DE PÓS-GRADUAÇÃO EM COMUNICAÇÃO, 11., 2002, Rio de Janeiro. Anais… Rio de Janeiro: Compós, 2002. Disponível em: <https://bit.ly/2yLICXf> Acesso em: 12 out. 2018.

GUERRA, L. J. Uma discussão sobre o conceito de valor-notícia. In: SILVA, G.; SILVA, M. P.; FERNANDES, M. L. (Orgs.). Critérios de noticiabilidade: problemas conceituais e aplicações. Florianópolis: Insular, 2014. p. 39-49.

LIPPMANN, W. Opinião pública. Petrópolis: Vozes, 2008.

LOPES, G. C. As redes sociais e os novos fluxos de agendamento: uma análise da cobertura da Al Jazeera sobre a Primavera Árabe. Palavra Clave, Chia, v.16, n. 3, p. 789-811, dez. 2013. Disponível em: <https://bit.ly/2PmhPId>. Acesso em: 8 out. 2018.

MAGALHÃES, D. C. Agenda-setting e internet: tendências e perspectivas de pesquisa. 2014. 149 f. Dissertação (Mestrado em Comunicação) – Universidade de Brasília, Brasília, 2014. Disponível em: <https://bit.ly/2ILr0iL>. Acesso em: 8 out. 2018.

MCCOMBS, M. A teoria da agenda: a mídia e a opinião pública. Petrópolis: Vozes, 2009.

OLIVEIRA, F. Brasil tem o 3º maior crescimento do Twitter em número de usuários. Folha de S.Paulo, São Paulo, 23 fev, 2017. Disponível em: <https://bit.ly/2mCwK5I>. Acesso em: 8 out. 2018.

SANTOS, N. Agendamento e Twitter: um estudo exploratório. In: SIMPÓSIO DE PESQUISA EM TECNOLOGIAS DIGITAIS E SOCIABILIDADE, 1. 2011, Salvador. Anais… Salvador: Universidade Federal da Bahia, 2011. Disponível em: <https://bit.ly/2C3u9ZO>. Acesso em: 8 out. 2018.

SILVA, G. Para pensar critérios de noticiabilidade. Estudos de Jornalismo e Mídia, Florianópolis, v. 2, n. 1, p. 95-107, 2005.

WANG, A. B. Homem passa mal em Comic Con, mas “O Incrível Hulk” o salva. Gazeta do Povo, Curitiba, 27 jun. 2017. Disponível em: <https://bit.ly/2y8R0QZ>. Acesso Em: 8 out. 2018.

WOLF, M. Teorias da comunicação. 2. ed. Lisboa: Presença, 1992.

ZAGO, G. S.; BATISTA, J. C. Ativismo e agendamento nos trending topics do Twitter: o caso Wikileaks. Contemporânea, Salvador, v. 9, n. 2, p. 246-259, ago. 2011.

ZIPPERER, R. S. Gazeta investe em plataformas digitais e encerra edição impressa diária. Gazeta do Povo, Curitiba, 23 maio 2017. Disponível em: <https://bit.ly/2IJNpgk>. Acesso em: 8 out. 2018.

Publicado
2018-12-10
Como Citar
Hrenechen, V. C. de A. T., & Gadini, S. L. (2018). O papel do Twitter no agendamento jornalístico em mídia regional no Paraná. Novos Olhares, 7(2), 64-77. https://doi.org/10.11606/issn.2238-7714.no.2018.149140
Seção
ARTIGOS