O cinema de Naomi Kawase e o corpo como matéria fílmica

Autores

  • Henrique Codato Universidade Federal do Ceará (UFC)
  • Eduardo dos Santos Oliveira Universidade Federal do Ceará (UFC)

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2238-7714.no.2020.161864

Palavras-chave:

Cinema, Corpo, Performatividade, Naomi Kawase

Resumo

Este ensaio pretende fazer uma visita ao cinema autorreferente da diretora japonesa Naomi Kawase a fim de conhecer um pouco mais sobre as práticas performativas por ela empregadas nas (e com as) imagens. Buscamos entender como, em alguns de seus trabalhos, a cineasta inscreve seu próprio corpo na materialidade do filme, transformando-o também em matéria filmica. A investigação conceitual acionada procura dar ênfase ao que acontece, de maneira particular, na confluência de vozes e de forças que compõem o cinema de Kawase.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Henrique Codato, Universidade Federal do Ceará (UFC)

Graduado em Comunicação Social pela Universidade Estadual de Londrina (UEL, 2001), é Mestre em Comunicação pela Universidade de Brasília (UnB, 2004) e em Literatura Comparada pela Universidade de Genebra (Unige - Suíça, 2007). Doutor em Comunicação Social pela Universi­dade Federal de Minas Gerais (UFMG, 2013), foi bolsista PNPD/Capes (2014-2018) no Programa de Pós-Graduação em Comunicação da Universidade Federal do Ceará (PPGCOM/UFC), onde atua como professor e pesquisador. Atualmente, é docente do curso de Cinema e Audiovi­sual da Universidade de Fortaleza (Unifor) e coordenador do Grupo de Pesquisa so­bre a Imagem (GPI/Unifor).

Eduardo dos Santos Oliveira, Universidade Federal do Ceará (UFC)

Graduado em Jornalismo pela Universidade Federal do Ceará (2016); Mestre em Comunicação pela mesma instituição (UFC, 2018), com pesquisa sobre o cinema performativo de Naomi Kawase. Tem experiência na área de Comunicação, com ênfase em Comunicação Audiovisual; e na área de Artes, com ênfase em Crítica das Artes.

Referências

COMOLLI, J. Ver e Poder: A inocência perdida: cinema, televisão, ficção, documentário. Belo Horizonte: Editora UFMG, 2008.
DEL RÍO, E. Deleuze and the cinemas of performance: Powers of affection. Edimburgo: Edinburgh University Press, 2008.
FISCHER-LICHTE, E. The transformative power of the performance: A new aesthetics. Trad: Saskya Iris Jain. Londres: Routledge, 2008.
GEROW, A. El tema soy yo: Entrevista con Naomi Kawase (1988- 2000). In: LÓPEZ, J. M. (org.). El cine en el umbral. Madrid: T&B Editores, 2008, pp. 115-134.
GREINER, C. Leituras do corpo no Japão e suas diásporas cognitivas. São Paulo: n-1 edições, 2015.
GROSZ, E. Volatile bodies: toward a corporeal feminism. Indianapolis: Indiana University Press, 1994.
KAWASE, N. Algumas notas. In: MAIA, C.; MOURÃO, P. (org.): O cinema de Naomi Kawase. Rio de Janeiro: CCBB RJ, 2011, pp. 16-17
KUNIGAMI, K. Naomi Kawase e o presente. In: MAIA, C.; MOURÃO, P. (org.): O cinema de Naomi Kawase. Rio de Janeiro: CCBB RJ, 2011, pp. 180-195.
LIU, K. Q/A With Ken Liu. Entrevista concedida a Nick Mamatas. Haika Soru. 3/abr2013]. Disponível em: http://www.haikasoru.com/the-future-is-japanese/qa-with-ken-liu-and-the-return-of-intern-kathleen/. Acessado em 17/mai/2018.
LOPEZ, J. M. Sólo consigo expressarme a través del cine: Entrevista com Naomi Kawase (2001-2008). In: LÓPEZ, J. M. (org). El cine en el umbral. Madrid: T&B Editores, 2008, pp. 135-143.
MCDONALD, K. I. Reading a Japanese film: cinema in context. Honolulu: University of Hawai‘i Press, 2006.
OLIVEIRA JR., L. C. G. O cinema de fluxo e a mise-en-scène. 2010. 161p. Dissertação (Mestrado em Meios e Processos Audiovisuais) - Escola de Comunicações e Artes, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2010.
SHIRANE, H. The bridge of dreams: a poetics of The Tale of Genji. Stanford, California: Stanford University Press, 1987.
SILVA, C. V. Entre a superfície e a profundidade: A câmera-corpo e a estética do fluxo no cinema asiático contemporâneo. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE CIÊNCIAS DA COMUNICAÇÃO, XXXII, 2009. Curitiba. Anais [...] São Paulo: Intercom, 2009. Disponível em: http://www.intercom.org.br/papers/nacionais/2009/, acessado em 15/jul/2017.
VIEIRA JR, E. O tempo dos corpos no “cinema de fluxo” de Apichatpong Weerasethakul. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE CIÊNCIAS DA COMUNICAÇÃO, XXXII, 2009. Curitiba. Anais [...] São Paulo: Intercom, 2009. Disponível em: http://www.intercom.org.br/papers/nacionais/2009/, acessado em 15/jul/201
YODA, T. Fractured dialogues: mono no aware and poetic communication in The Tale of Genji. Harvard Journal of Asiatic Studies, vol. 59, n.2, pp. 523-557, 1999. DOI: https://doi.org/10.2307/2652721

Downloads

Publicado

2020-07-23

Como Citar

Codato, H., & Oliveira, E. dos S. (2020). O cinema de Naomi Kawase e o corpo como matéria fílmica. Novos Olhares, 9(1), 245-256. https://doi.org/10.11606/issn.2238-7714.no.2020.161864

Edição

Seção

ARTIGOS