Adolescentes e o livro

internet como mediadora de novas práticas de leitura

  • Marina Machiavelli Universidade Federal de Santa Maria
  • Liliane Dutra Brignol Universidade Federal de Santa Maria
Palavras-chave: Estudo de Recepção, Mediações, Leitura, Internet, Adolescente

Resumo

Este artigo analisa usos e apropriações do livro por adolescentes, de modo a entender os impactos dos suportes digitais nas formas de leitura. Para tanto, reflete a partir da perspectiva das mediações de Martín-Barbero, especificamente no que se refere à tecnicidade. Com base na discussão teórica e em pesquisa empírica (com destaque para a análise de entrevistas), é possível compreender hábitos e preferências de adolescentes leitores, de modo a identificar novos usos que se concretizam na trama entre o livro e a internet. Mantém-se a importância do livro enquanto produto cultural e simbólico para os adolescentes pesquisados, em práticas que transitam entre o impresso, o on-line e as diferentes telas, combinando leitura silenciosa, íntima e compartilhada, expandindo as narrativas ao dividir recomendações e produzir novos conteúdos associados ao livro em redes sociais digitais.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Marina Machiavelli, Universidade Federal de Santa Maria

Mestre em Comunicação Midiática, linha Mídia e Identidades Contemporâneas pelo Programa de Pós Graduação em Comunicação da Universidade Federal de Santa Maria. Especialista em Mídias Digitais pela Universidade Franciscana. Graduada em Comunicação Social – Produção Editorial pela Universidade Federal de Santa Maria.

Liliane Dutra Brignol, Universidade Federal de Santa Maria

Professora do Departamento de Ciências da Comunicação – Programa de Pós-graduação em Comunicação da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM). Doutora e Mestre em Ciências da Comunicação pela Universidade do Vale do Rio dos Sinos (Unisinos).

Referências

BOURDIEU, P. A leitura: uma prática cultural: debate entre Pierre Bourdieu e Roger Chartier. In: CHARTIER, Roger (org.). Práticas da leitura. São Paulo: Estação Liberdade, 1999. p. 231-253.

CANCLINI, N. G. Leitores, espectadores e internautas. São Paulo: Iluminuras, 2008.

CHARTIER, R. A história cultural: entre práticas e representações. Lisboa: Difusão Editora, 1988.

CHARTIER, R. A aventura do livro: do leitor ao navegador. São Paulo: Unesp, 1999.

CRUCES, F. Maneras de leer: una introducción. In: Francisco Cruces (dir.). ¿Cómo leemos en la sociedad digital? Lectores, booktubers y prosumidores. Rio de Janeiro: Ariel, 2017.

COLOMER, T. (Coord.). Lecturas adolescentes. Barcelona: Graó, 2009.

DUARTE, J. Entrevista em profundidade. In: DUARTE, J.; BARROS, A. (org.). Métodos e técnicas de pesquisa em comunicação. São Paulo: Atlas, 2009.

ESCOSTEGUY, A. C. JACKS, N. Comunicação e recepção. São Paulo: Hacker Editores, 2005.

ESCOSTEGUY, A. C.; SIFUENTES, L.; BIANCHINI, A. O uso de tecnologias por famílias agricultoras: uma reflexão metodológica. Comunicação, mídia e consumo, São Paulo, v. 13, n. 38, p. 97-115, 2016. Disponível em: https://bit.ly/2kGMnud . Acesso em: 12 set. 2017.

FAILLA, Z. (Org.). Retratos da leitura no Brasil 4. Rio de Janeiro: Sextante, 2016.

JENKINS, H. Cultura da Convergência. São Paulo: Aleph, 2009.

MACHIAVELLI, Marina. A leitura de adolescentes: dados de um estudo exploratório. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE CIÊNCIAS DA COMUNICAÇÃO, 40., 2017, Curitiba. Anais […]. Curitiba: Intercom, 2017. p. 1-15.

MALINI, F. Literatura, Twitter e Facebook: a economia dos likes e do RTS dos usuários-fãs de literatura brasileira nas redes sociais. Revista Observatório Itaú Cultural, São Paulo, n. 17, 2014.

MARGALLO, A. M. M. G. Entre la lectura juvenil y la adulta: el papel de los «best sellers». In: COLOMER, T. (Coord.). Lecturas adolescentes. Barcelona: Graó, 2009. p. 221-239.

MARTÍN-BARBERO, J. Ofício de cartógrafo: travesías latinoamericanas de la comunicación en la cultura. Ciudad de México: Fondo de cultura económica, 2002.

MARTÍN-BARBERO, J. Dos meios às mediações: comunicação, cultura e hegemonia. 2. ed. Rio de Janeiro: UFRJ, 2003.

MARTÍN-BARBERO, J. A comunicação na educação. São Paulo: Contexto, 2014.

MARTÍN-BARBERO, J. Jóvenes entre el palimpsesto y el hipertexto. Barcelona: Ned Ediciones, 2017.

PETIT, M. P. Os jovens e a leitura: uma nova perspectiva. São Paulo: Editora 34, 2008.

PETIT, M. Leituras: do espaço íntimo ao espaço público. São Paulo: Editora 34, 2013.

QUEIROZ, M. I. P. Variações sobre a técnica de gravador no registro da informação viva. São Paulo: Martins Fontes, 1991.

ROCHA, E. P. G.; PEREIRA, C. Juventude e consumo: um estudo sobre a comunicação na cultura contemporânea. Rio de Janeiro: Mauad X, 2009.

RONSINI, V. V. M. A perspectiva das mediações de Jesús Martín-Barbero: ou como sujar as mãos na cozinha da pesquisa empírica de recepção. In: GOMES, I. M. M.; JANOTTI JUNIOR, J. (Orgs). Comunicação e Estudos Culturais. Salvador: Edufba, 2011.

RONSINI, V. V. M. Prefácio. In: Jacks, N. Piedras, E. Pieniz, M. John, V. (org.). Meios e audiências III: reconfigurações dos estudos de recepção e consumo midiático no Brasil. Porto Alegre: Sulina, 2017. p. 7-9.

SANTAELLA, L. O Leitor ubíquo e suas consequências para a educação. Paraná: Coleção Agrinho, [2004]. Disponível em: https://bit.ly/2hzimsA . Acesso em: 23 de jan. de 2017.

SCOLARI, C. A. El translector: lectura y narrativas transmedia en la nueva ecología de la comunicación. La Lectura en España, Madrid, 2017. Disponível em: https://bit.ly/2MTbZj2. Acesso em: 28 mar. 2017.

TRAVANCAS, I. O livro e a leitura para adolescentes do Rio de Janeiro e de Barcelona. In: Congresso Brasileiro de Ciências da Comunicação. 38., 2015, Rio de Janeiro Anais eletrônicos […]. Rio de Janeiro: Intercom, 2015. p. 1-14. Disponível em: https://bit.ly/2kRDzSa . Acesso em: 20 abr. 2016.

WINOCUR, R. Robinson Crusoe ya tiene celular: la conexión como espacio de control de la incertidumbre. Nueva Época, Gadalajara, n. 14, p. 235-240, 2010.

Publicado
2019-12-06
Como Citar
Machiavelli, M., & Brignol, L. (2019). Adolescentes e o livro. Novos Olhares, 8(2), 64-75. https://doi.org/10.11606/issn.2238-7714.no.2019.162144
Seção
ARTIGOS