Movimentos Migratórios e Cidadania: a Onipresença das Fronteiras

  • Vera Lúcia Follain de Figueiredo PUC-Rio
Palavras-chave: Cosmopolitismo, Globalização, Cosmopolitismo dos pobres, Imigração

Resumo

O termo cosmopolitismo que, até bem pouco tempo, em decorrência das novas configurações da sociedade contemporânea, perdera espaço para noções como a de globalização, voltou ao primeiro plano, sendo retomado em diversos textos teóricos recentes. O artigo discute a ressignificação do conceito, bem como a pertinência de expressões como “cosmopolitismo do pobre” e “cosmopolitismo subalterno” quando se trata de descrever os movimentos migratórios deste início do século XXI.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Vera Lúcia Follain de Figueiredo, PUC-Rio
Doutora em Letras, professora Adjunta do Departamento de Comunicação Social da PUC-Rio e pesquisadora do CNPq. É autora, dentre outros trabalhos, dos livros: Narrativas migrantes: literatura, roteiro e cinema (PUC/7 letras), Os crimes do texto: Rubem Fonseca e a ficção contemporânea (UFMG) e Da profecia ao labirinto: imagens da história na ficção latino-americana (Imago/UERJ). Organizou os livros Mídia e Educação (Gryphus) e Comunicação, representação e práticas sociais, este último juntamente com Renato Cordeiro Gomes e Miguel Pereira (PUC/ Idéias e Letras). Email: verafollain@gmail.com
Publicado
2014-12-18
Como Citar
Figueiredo, V. L. (2014). Movimentos Migratórios e Cidadania: a Onipresença das Fronteiras. Novos Olhares, 3(2), 26-35. https://doi.org/10.11606/issn.2238-7714.no.2014.90198
Seção
DOSSIÊ