Mário de Andrade, Eça de Queiroz, J. K. Rowling: qual a ligação entre esses autores?

  • Patrícia Trindade Nakagome Universidade de São Paulo
Palavras-chave: Leitor, leitura, experiência, valor literário

Resumo

Neste artigo, refletimos sobre o distanciamento existente entre o leitor empírico e a crítica literária, questionando o fato de que, por vezes, a avaliação sobre a qualidade de uma obra termina por se refletir num julgamento do próprio leitor e de sua experiência no ato da leitura. Discutimos que a crítica poderia desempenhar um papel importante na formação de novos leitores, caso se envolvesse num processo de (re)conhecimento do repertório desses sujeitos, com o cuidado de não filtrar o que está no âmbito da “paixão” ao preferir o critério de “valor”.

 

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Patrícia Trindade Nakagome, Universidade de São Paulo

Doutoranda do Departamento de Teoria Literária e Literatura Comparada FFLCH/USP. Professora Visitante na Universidade Nacional Timor Lorosa’e – Timor Leste. 

Publicado
2016-04-28
Como Citar
Nakagome, P. (2016). Mário de Andrade, Eça de Queiroz, J. K. Rowling: qual a ligação entre esses autores?. Opiniães, 3(4-5), 70-80. https://doi.org/10.11606/issn.2525-8133.opiniaes.2014.114875